it's just beginning

9.3K 333 66
                                              

Era um dia ensolarado em Londres, o que era bem inusitado sendo que era inverno, quando Victoria ouviu seu despertador tocar avisando que já era 07:00 da manhã. Se tinha uma coisa que Victoria odiava era acordar cedo, mas tinha que fazer esse sacrifício para ajudar a pagar o aluguel do apartamento que dividia com a amiga Camila.
As duas brasileiras se mudaram para Londres para viver uma nova vida longe das famílias, das quais nunca se deram bem. Elas embarcaram no avião com destino a Londres, apenas com algumas roupas e muitos sonhos na mala. O apartamento que alugaram era pequeno, mas era o que podiam pagar com os seus salários, Victoria trabalhava em um café e Camila conseguiu emprego em um pequeno pub e assim elas passavam seus dias.

 O apartamento que alugaram era pequeno, mas era o que podiam pagar com os seus salários, Victoria trabalhava em um café e Camila conseguiu emprego em um pequeno pub e assim elas passavam seus dias

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

Victoria colocou o braço para fora das cobertas, sentindo o frio arrepiar seus pelos, para desligar aquele amaldiçoado barulho de despertador que a atormentava. Virou pro lado e viu sua amiga Camila dormindo no pequeno sofá cama, ainda vestindo as roupas que tinha usado para ir trabalhar, o que era de costume já que ela trabalhava até madrugada no pub. Foi até o banheiro em silêncio, para não acordar a amiga que dormia profundamente, se arrumar para ir trabalhar, colocou sua calça jeans, uma blusa e um moletom quentinho para suportar o frio Londrino.

 Foi até o banheiro em silêncio, para não acordar a amiga que dormia profundamente, se arrumar para ir trabalhar, colocou sua calça jeans, uma blusa e um moletom quentinho para suportar o frio Londrino

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

Penteou seus cabelos ruivos, colocou uma toca e saiu de fininho já que não precisava tomar café em casa (vantagens de trabalhar em um café).
Ela caminhava pelas ruas estreitas de Londres, observando cada detalhe pois apesar de já estar morando em Londres há dois anos, ainda não tinha se acostumado com a beleza da cidade. Victoria sempre teve um amor por Londres, desde pequena, então para ela estar vivendo ali ainda era um sonho.

Assim que chegou na estação de metrô, sentou em um banco para esperar o seu trem, pois ainda não estava no horário e como tudo na Inglaterra, o trem só passava na hora certa

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

Assim que chegou na estação de metrô, sentou em um banco para esperar o seu trem, pois ainda não estava no horário e como tudo na Inglaterra, o trem só passava na hora certa.
Ao chegar no café onde trabalhava, correu para dentro pois estava com as mãos congeladas e o nariz vermelho como seus cabelos, por causa do frio. Victoria cumprimentou Charles, o velinho dono do café, se serviu de um café quentinho, colocou seu avental e foi atender os clientes que acabavam de chegar.

A manhã passou rápido, Victoria não parou pois o café estava cheio por causa do dia ensolarado que fazia lá fora

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

A manhã passou rápido, Victoria não parou pois o café estava cheio por causa do dia ensolarado que fazia lá fora. Na hora do almoço, foi até um restaurante que tinha ao lado do café e pediu o de sempre, pizza. Ela sabia que não era a escolha mais saudável a fazer, mas mesmo depois de dois anos, ainda não tinha se acostumado com a comida inglesa.
Assim que terminou sua pizza, Victoria ligou para acordar Camila, como fazia sempre, à pedido da amiga. As duas conversaram até o horário de almoço de Victoria acabar e ela ter que voltar ao trabalho, mas antes de desligar, Camila falou o que Victoria não queria ouvir.
-Hey Vic, não esquece da festa de 10 anos do pub hoje á noite e nem pense em dizer que não.
-Droga Camila, achei que tivesse esquecido. Você sabe que eu não sou de festas.
-Nem tente me convencer mocinha, já está decido! Qualé Vic, eu trabalho lá há 1 ano e você nunca passou nem perto do Casa Blanca. (nome do pub)
-Ok senhorita mandona, não vou ter escolha mesmo.
-Que bom que sabe, te vejo em casa, beijos!
Não tinha para onde fugir, Victoria teria que ir á festa e só de pensar em se arrumar, usar salto e ter que sair do conforto de sua cama já cansava a ruiva que odiava festas, mas amava a amiga e queria sempre vê-la feliz.

redhead | t.hOnde as histórias ganham vida. Descobre agora