10 capítulo

1.1K 70 18

Eu: Jake?

Jake: Aléxia.- corro e dou um abraço nele.

Eu: Bixo a quanto tempo.

Jake: Mudou a aparência de novo.

Carter: Parece que se conhecem.

Eu: Nós conhecemos no dia que ... Eeeeh.

Jake: Eu fui no Brasil e conheci ela no bar.

Eu: Isso.

" Obrigada Jake. Imagina fala pro senhor Carter que ele que me ensino a me defender."-penso.

Carter: Então tá. Vamos?

Eu: Vamos.

Na hora em que o Jake abriu a porta da limusine veio aquele desconforto. O Carter entra dentro da limusine e o desconforto aumentou. O que quê esse homem está me provocando? Derrepente o telefone dele toca e ele atende. Agarro minha bolsa como se ela fosse uma coisa bem preciosa.

"Será que esse homem está despertando um sentimento que eu não queria ter de novo, em tão pouco tempo?"-penso.

Quando ele termina de fala no telefone. Percebo que estamos sendo seguidos. Merda. O senhor Carter percebeu também, e fala alguma coisa pro Jake. Percebo que o Jake tá tentando despistalo, mas derrepente parece um carro na nossa frente e o carro que estava no seguindo nos incurrala por trás, impedindo a passagem.

Jake: Merda...- sussurra.

Homem1: Saiam do carro agora.

Carter: Não vamos sair

Derrepente o homem aponta a arma pro carro. Percebo que não tem escapatória, tiro a arma da bolsa sem ninguém perceber e coloco dentro da calça, pego o soco-inglês e coloco no bolso da calça.

Homem2: Saiam, se não nós atiramos.

Eu: Oh inferno. Vamos sair.

Carter: Você tá doida.

Eu: Vamos logo. Jake proteja o Carter quando saímos, ok?

Jake: Ok

Carter: Proteja ela também.

Eu: Relaxa.- saímos do carro. Quando eu saio eles se espantam.

Homem1: Ora, ora , ora se não é a filha do inimigo do patrão.

Homem3: Dois coelho em uma cajadada só kkkkk.

Eu: Mas não sou aquela frágil de antes meu amor.

" Tem dois armados e dois de faca. Tenho que me livrar dos dois armados primeiro, mas sem mata-los e ainda por cima sem me machucar por causa da entrevista. O inferno."- penso.

Homem4: Vamos matá o Carter primeiro e depois pegá-la como refém.

Homem 1: Boa ideia.

" Tenho que ser rápida e acerta os dois armados. Mas tenho que dá uma jeito no Carter"-penso.

Eu: Jake eu tenho um plano. Quando eu falar "já" abaixa o Carter no chão, ok?- falo baixo só pra ele escuta.

Jake: Ok.

Eu: Vocês são bem covardes, sabia. Quatro homem, contra um motorista, um homem e uma secretária. Lamentável em.

Homem3: Eu vou matá-la.

Homem2: Cala a boca.

Eu: É sério vocês estão armados, cara seja menos covarde da próxima vez.

Homem1: Não vai ter próxima vez.

Homem4: Vamos logo acabar com isso.

Eu: Já.

Is it love? RyanLeia esta história GRATUITAMENTE!