CAPÍTULO 20

292 33 0

Ao levantar cedo, coloco o roupão e vou até a janela do jardim. A cena que vejo me surpreende e para minha surpresa é um tanto emgraçada.

Mayson está andando pelo jardim com meu pai ao seu lado. Parecem conversar sério, mas Mayson sorri de vez em quando.

O dois passeiam calmamento pelos arredores do jardim.

Rápidamente um flash de memória vem a minha cabeça e me lembro de ontem a noite. Mayson, seu presente, seus olhos azuis e seu sorriso incrível. Posso parecer meio louca, mas foi a coisa mais fofa que alguém já fez para mim. E sinceramente? Ainda não tirei o colar do pescoço.

- Bom dia! - Violet adentra o quarto. Sorrio para ela.

- Bom dia! Dormiu bem? O dia está lindo hoje não é?

Ela ri para mim e me olhando fixamente começa:

- O que deu em você hoje? Está... radiante.

- É a vida Violet - pego em suas mãos - a vida é linda!

Ela ri para mim e eu acompanho. Pareço uma boba. Talvez eu seja mesmo, mas estou feliz e isso já é suficiente.

                            👑

- Me diga filha, como está sendo viver aqui?

Sorrio para minha mãe. Estou na sala de visitas tomando chá ao seu lado. O tempo está ameno e aparenta uma chuva próxima como a de ontem.

- É... - procuro as palavras certas - diferente.

- Do que?

- De como imaginei que seria. - a vida no palácio se difere muito de como é mostrado na TV. A primeira vez que apareci em público foi ontem. A experiência foi interessante, mas em breve aparecerei em um dos principais jornais do país. E posso dizer com convicção que será uma experiência um tanto diferente. Contando que eu sempre assisti e nunca fui a assistida.

Minha mãe toma mais um gole do chá.

- Como foi ontem? Com o principe.

Quase engasgo com o chá.

- Como a senhora...

- Eu sei de tudo. E eu vi você entrando no quarto ontem sorrindo como uma boba.

Rindo e lembrando da situação concordo com ela.

- A senhora tem razão. Mas foi só um presente. - tiro o colar de dentro do vestido.

- "Só um presente"? Isso é lindo! - minha mãe toca no objeto maravilhada.

Sorrio em concordância.

- Esse garoto parece gostar de você. Gostar muito filha.

- Ah claro - digo tomando um pouco do chá - ele está "apaixonado" - falo com sarcásmo. - ninguém se apaixona rápido mãe.

- E quem foi que te disse que o amor funciona assim?

Minha mãe se levanta, se ajoelha ao me lado e pega minhas mãos.

- Filha, ás vezes você só está olhando errado. Não digo pelo presente. Isso é material. Mas sim pela forma como ele te olha. Ás vezes, um olhar diz mais que muitas palavras e aquele olhar, diz muita coisa. Você só precisa ver. - ela toca meu rosto.

- Eu te amo sabia? - digo com um sorriso sincero.

- E eu te amo demais!

Abraço minha mãe. Gostaria tanto não solta-la mais. Mesmo que não aparente, esses dias longe dela e do papai estão sendo os dias mais difíceis da minha vida.

- Agora vamos. Já vão servir o almoço. - digo me soltando dela. - E vai por mim, a coisa que a rainha mais preza é pontualidade.

Minha mãe sorri e só o que não sai da minha cabeça é o porque de tudo que ela me disse. Minha mãe não é uma pesso romântica, então contando com isso, não é certamente "normal" ouvir isso.

Mas uma coisa é certa, Mayson me impressionou e se essa era sua intenção, deu certo.



DESCULPEM-ME PELA DEMORA! Sei que dei uma atrasada, mas quero postar mais essa semana (farei o possível!)
ESSE CAPÍTULO ESTÁ CURTINHO, MAS EM BREVE POSTAREI O PRÓXIMO, ESPERO QUE GOSTEM...

Bjinhosss 😙

Uma Coroa em Minha Vida    [CONCLUÍDO]Onde as histórias ganham vida. Descobre agora