7 capítulo

1.1K 75 31

Eu: Daryl, Matt? O que estão fazendo aqui?

Daryl: Seu pai nos ligou.

Eu: Ai ninguém merece.

Matt: Você vai embora mesmo?

Eu: Eu...

Matt: Se você for eu vou atrás de você.

Eu: Eu...

Daryl: Eu também.

Eu: Eu...

Matt: Não me deixa. Quem eu vou fica contando minhas piadas no meio do trabalho.

Eu: VOCÊ SÓ VAI SENTIR FALTA DE MIM, SÓ POR CAUSA DAS PIADAS.- digo já com raiva.

Daryl: Relaxa mana.

Eu: Não me diga pra relaxa.- vou até o meu irmão e dou um soquinho na barriga dele, ele fica com uma mão na barriga dele.- Voltando, eu não vou embora.

Daryl: Que bom. Mas o por quê que seu pai disse pra gente que ele ia manda você ir embora.

Eu: Tem alguns capangas do inimigo do meu pai atrás de mim.

Matt: O QUÊ?

Eu: Para de gritar. Vamos na cozinha que eu conto pra vocês.- fomos pra cozinha e pego três copos e boto suco pra gente.- Bom. Lembra aquele cara do dia do acidente.

Daryl: Sim, aquele que te sequestrou.

Matt: Nem me fala desse dia.

Eu: Tá. Então ele era mais um dos capangas do inimigo do meu pai. Eu pensava que eles tinham para de querer me usar como refém. Mas desde ontem eu me enganei.

Matt e Daryl: O que você vai fazer?

Eu: Bom vou andar armada.

Matt: Como você vai esconder uma ARMA NO TRABALHO?

Eu: Primeiro para de gritar e segundo eu sei esconder armas em bolsa e mochila, desdo quinto ano.

Daryl: Aah lembro do dia que você levou uma arma pro colégio kkkk.

Eu: Kkkkk. Meu pai me lembro desse dia pra eu andar armada. Mas mudando de assunto. Adivinha quem pediu um pedido pra uma lista de buffet pra mim e ainda por cima me elogiou.

Daryl: Pela sua cara de retardada, foi um homem importante.

Matt: Sei la.

Eu: Mark Leviels.

Matt: O diretor de filial da empresa.

Eu: Ele mesmo.

Daryl: Cara você evoluiu muito no seus negócios online. Mas você aceitou?

Eu: Não.

Matt: Por QUE?

Eu: Tava cheia de pedido e ele pediu muito em cima da hora.

Matt: Aléxia toda ocupadinha. Quem diria? Kkkk.

Daryl: É mesmo kkkkk.

Eu: Vão se ferrar. Aaah mais uma coisa.

Matt e Daryl: E lá vem merda.

Eu: Nossa até parece que eu faço merda.

Daryl: Lembra aquele dia em que uma mulher te chamou de vadia e você arrancou o aplique dela.

Eu: Lembro kkkkk. Amei tira aquele aplique daquela puta kkkkk.

Matt: Também lembra aquele dia em que um homem me ameaçou e você quase matou ele de tanto soco.

Is it love? RyanLeia esta história GRATUITAMENTE!