Capítulo 19 - O plano

7 2 0

Pelo pouco de conversa que ouviu dos soldados, Tetsuko descobrira sobre o local onde os bandidos se escondiam no momento.

Ainda que fosse dentro dos terrenos do Reino, as Colinas de Pedra eram um local estranho.

Cercadas por planícies, pântanos e montanhas, a terra era uma estranha formação de pedra e terra que criou pequenas colinas aqui e lá, formando um labirinto natural.

Apesar da terra ser rica na área, a dificuldade de trabalhar naquelas colinas afastara qualquer um que tentara clamar posse. A terra se tornou um fardo para os humanos e portanto as Colinas de Pedra continuaram dominadas somente pela natureza.

Árvores cresciam, grama cobria a terra entre as pedras e os animais tomaram conta.

E a alma dentro da espada não podia acreditar no que viu quando o exército chegou às Colinas de Pedra.

O lorde ordenou que seus soldados começassem a marchar antes que o sol se erguesse.

Quando chegaram, os primeiros raios de sol brilhavam no Labirinto de Colinas de Pedra.

Incrível... Jamais fiquei sabendo de um lugar desse tipo no meu mundo...

A floresta seguia as colinas, subindo e descendo. Como ondas... ondas de folhas...

Mas Tetsuko não teve tempo de observar a cena.

— Eles provavelmente já sabem onde estamos, meu senhor — disse Enrique com uma voz baixa.

— Sim... Também acho — disse Alonso, seus olhos procuravam entre as árvores escuras por qualquer sinal de movimento.

Então ele olhou para os homens e mulheres a sua volta.

Você realmente acha que há um traidor aqui também, meu portador?

O lorde e conselheiro discutiram após Lorde Dale partir. E eles alcançaram a conclusão de que não era possível para apenas uma pessoa, não importava o quão alto em poder militar, conseguir ter toda a informação que os bandidos tinham.

Não tem como outra pessoa além de um soldado daqui saber quando você partiria...

Mas, no fim, ninguém conseguiu descobrir o traidor. Só puderam passar as ordens sem dar tempo para que a informação saísse.

Tetsuko tentou descobrir algo sozinha.

Mas até com seus sentidos aguçados, ela não pôde descobrir nada.

Até este corpo tem suas limitações...

Mas eu não tentei atiçar a energia dentro de mim...

— As plantas e fogo estão prontos? — perguntou Alonso.

Apesar de não desejar usar nada providenciado pelo homem conhecido como Caos Sortudo, Enrique ajudara a organizar o plano. Com os mapas mais atualizados, eles conseguiram encontrar o melhor local para deixar as plantas.

Cinco locais em volta das Colinas de Pedra. Se eles ateassem fogo e ventilassem a fumaça ao mesmo tempo, o mau-cheiro encheria o Labirinto e seria impossível respirar.

Tetsuko estremeceu mentalmente enquanto se lembrava do cheiro.

Até sem nariz, posso sentir o cheiro da fumaça... até antes de me tornar uma espada que tinha um olfato fraco graças a vida perto da forja...

Os bandidos não vão resistir se forem forçados a respirar aquilo por muito tempo...

O problema é ajustar o tempo para que a fumaça não vá para o lado deles.

Re;BladeLeia esta história GRATUITAMENTE!