VOLUME 2 - Reencontro

6 1 0

CAPÍTULO 5

          Eastar corria pela trilha, ofegando e encharcado de suor.

          — Tudo bem, vamos parar por aqui. — Edwin disse.

          O estelar suspirou de alívio quando o Tenente desceu das suas costas e eles puderam se sentar.

          — Sabe, tô fazendo o máximo pra seguir a trilha e evitar que a gente se perca... MAS POR QUÊ DIABOS EU TÔ SENDO FEITO DE MONTARIA?!

          — Não temos escolha, vou precisar de uns dias pra recuperar o armazenamento, fui quase até o limite.

          — E não poderíamos simplesmente viajar no seu ritmo?

          — Conhecendo a Allyn, ela se desesperaria achando que eu fiz a gente se perder e acabaria voltando sozinha pra fazer uma busca, mandando o resto pra Brandevin.

          — Vocês realmente se amam, não é?

          O sirion olhou surpreso para o estelar, e gargalhou.

          — Diria que sim, mas a diferença de idade atrapalha em muitas coisas. A gente pode se divertir as vezes, mas o auge dela vai chegar ao fim em menos de um século. Ela precisa de alguém com uma situação parecida.

          Eastar franziu o cenho.

          — Tá se referindo a ter uma relação como a do meu pai e minha mãe?

          — Sim, pra algo desse tipo é preciso muito mais que paixão e diversão, garoto. Diferente de você e a princesa.

          O estelar cruzou os braços, observando o companheiro pegar um pedaço de carne seca da bolsa e começar a comer.

          — Vocês têm muitas regras pra essas coisas. Acredita que meu pai me falou que eu só poderia transar com a princesa?!

          Edwin engasgou e começou a dar fortes tapas no peito. Tossiu algumas vezes e, por fim, puxou o ar.

          — Isso... isso é meio óbvio!

          — Por quê? Quero dizer, eu até entendo que eu não consiga muito, porque não sou nem um legionário..., mas ela é uma princesa! Com uma patente dessas ela poderia fazer sexo sempre que tivesse vontade.

          — Eastar... — O Tenente arregalou os olhos para o garoto. — Você realmente precisa entender mais sobre como se relacionar com uma mulher.

          — Eu já conheci muitas estelares... e muitas delas com patentes altas.

          — É... diferente.... Me diga, você já parou pra pensar na princesa com outro cara? Pense bem na situação e me diga o que sente.

          De início, o jovem não entendeu, mas fechou os olhos e tentou imaginar. Sentiu-se estranho, a situação lhe passava uma sensação ruim, uma raiva que lhe subia o pescoço. Ele franziu o cenho e abriu os olhos.

          — Não gosto de pensar nisso.

          — Muito bem, agora você entende um pouco.

          — Só isso?

          — É um começo... você vai entender mais aos poucos, não se preocupe. Relacionamentos... são algo complicado. — O sirion se levantou e tirou a poeira da calça. — Agora vamos, ainda temos chão pra cobrir se quisermos alcançá-los.

A Crônica de EastarOnde as histórias ganham vida. Descobre agora