Isótopo 454

3.5K 221 43
                                    

Olha quem voltou, minha gente
Espero que gostem desse cap
_ _ _

POV Lauren

-Já faz uma semana que não tenho notícia do Alex

-Vai ver ele ta escondido, lolo- diz Camila preocupada.

-Ahh por que vocês estão se preocupando tentando com ele? Provavelmente ele ta bem longe daqui- diz Vero tranquila.

-Verônica, você sabe muito bem o que um kanima pode fazer- falo séria.

-Como assim?

- A alguns anos, um cara resolveu realizar uma série de assaltos por Miami, mas ele não tava sozinho, tinha um kanima. Ele fazia o kanima neutralizar as pessoas, ele pegava jóias, dinheiro, o que pudesse e ia embora. Em uma noite, eu escutei um barulho no quintal, eu alertei ao meu pai, ele foi chamar os seguranças, mas estavam caidos, com um corte na nuca. O kanima entrou sem meu pai perceber e atacou ele, neutralizou ele. Aquela coisa ficou na minha frente, ele olhos nos meus olhos e me ignorou, eu peguei um taco de baseball e comecei a tentar bater nela, até que eu acertei na cabeça, ele caiu e eu fui pra cima dele, foi muito rápido, eu cravou as garras em mim e eu ouvir uma voz dizendo: "Não mate ela, ela é a alfa! Pegue as jóias e vamos embora" . Um homem de meia idade apareceu, ele estava distraído, enquanto eu e o kanima brigamos, meu pai se recuperou e... Matou o cara... Isso nunca constou nos altos da polícia, pra todos os efeitos, o homem atacou meu pai com intenção de matar e meu pai matou ele. Mas ele estava de costas... Mandando o kanima não me matar...depois disso o kanima de descontrolou, ele ficou agressivo, tentando atacar, matar, até que eu consegui matar ele. Aquele criatura tomou conta do jovem que tinha dentro dela quando o mestre morreu. Não sei o que pode acontecer, um Kanima é um instrumento de vingança, mas se o Alex é metade Kanima e metade lobo... Ele é o próprio mestre, ele decide o que quer.

-Isso torna ele muito mais perigoso

-Sim, a partir de hoje, vamos andar em bando- falo para todas.

POV Demi

-Nossa... Isso foi incrível... Você tava tão... Selvagem...- falo cansada.

-É... Eu fiquei com raiva daquela garota... Ela dizendo que você é dela... Isso deve ter influenciado...- fala envergonhada.

-Eu até gostei... Vc fica insaciável no seu cio, mas desse vez foi diferente, vc se soltou mais- falo me levantando e vestindo minha cueca. Visto me top e quando abro a porta, escuto gemido vindo do quarto de Cara.

-O que é isso?- pergunta Ally curiosa.

- Acho que vem do quarto da Cara...

-Hum... Sabe... Eu nunca entendi uma coisa... Como você e a Cara são irmãs? Vocês são tão diferentes...

-Ela é adotada... Tipo... Meus pais sempre fizeram caridade... Visitavam orfanatos, tentanvam ajudar ao máximo. E numa dessas visitas eu conheci a Cara, eu tinha 6 e ela 7 anos, criamos uma amizade meio que instantânea, as crianças não queriam brincar comigo, por causa da minha condição e por eu ser uma alfa e a maioria delas serem betas e ômegas. Mas a Cara não se importou com isso... Ela veio brincar comigo e depois eu pedi pros meus pais adotarem ela e eles fizeram. Ela não é minha irmã de sangue, mas é de coração, de alma, ela é uma irmã que a vida me deu.

- Hum, isso foi lindo, amor- fala me abraçando.

POV Cara

-Ca... Podemos ir pra sua casa?- pergunta Taylor.

-É.. Você não acha que é muito rápido? Tipo... Você ir pra minha casa...

-Cara... Nós ja namoramos á 3 meses, e nunca passamos de beijos. Eu quero isso, eu quero ir pra cama com você, quero foder com você, que você me coma, que me pegue, me jogue na cama e me foda- fala tudo de uma vez.

My Big Bad WolfOnde as histórias ganham vida. Descobre agora