Esqueletos no Armário - II

20 5 0

Cidade fantasma de Cianne, Estados Unidos

18 de junho de 1917

Diário de Kat

Me choquei ao reconhecer Kaylee nos olhos da mulher - sim, uma mulher - que gritava em meio a Cianne. Sentia-me desorientada, mas me preocupei em tentar acalmar a nova vampira antes de qualquer coisa. Ela só se acalmou quando expliquei como havia a transformado.

- Elas me disseram que se isso acontecesse todos que eu amava morreriam. – Disse, choramingando com os olhos lacrimosos.

- Elas?

- As freiras. Elas me pediram para escolher um lado. Disseram que se me unisse a elas, salvaria Cianne. Se eu escolhesse salvar você, Cianne acabaria. E depois me mostraram todas as coisas que você tinha feito, mas eu não podia confiar nelas. Não podia.

Nem metade daquilo fazia sentido para mim. Fucei a memória tentando encontrar qualquer lembrança reprimida, mas não encontrei nada. Minha última memória era das bruxas entrando na sala de pedra e então, nada.

Segurei as mãos de Kaylee entre as minhas e apertei com força.

- Kaylee, preciso que se acalme e responda uma pergunta. – Disse, a observando com cuidado. Ela fungou e olhou nos meus olhos. – Quantos anos se passaram desde a última vez que visitei seu quarto?

- Você... não se lembra? – Seus olhos escuros perderam a expressão de tristeza e se transformaram em pura curiosidade obsessiva. Finalmente via uma vampira minha naquele caos que havia encontrado.

- Eu acho que elas me apagaram por muito tempo.

- Dez anos. Faz dez anos.

As palavras soaram como um sino de bronze em uma sala vazia.

- Dez anos? Que tipo de feitiço apaga sete vampiras por dez anos? – Eu não deveria ter dito isso em voz alta, mas saiu antes que eu pudesse me controlar.

- Sete vampiras?

Suspirei quando ouvi os passos do meu Exército se aproximando. Eu sabia que elas estavam ouvindo e nunca perderiam uma deixa daquelas. Os olhos de Kaylee ficaram do tamanho de pires enquanto elas se aproximavam.

- Kaylee, - Disse, quando elas chegaram perto o suficiente para serem distinguidas. - Conheça Ellie, Sophie, Anika, Miranda, Valentina e Naomi. O meu clã.

- Clã?

- Vampiras que compartilham ligações de sangue comigo e que optaram por seguir comigo e aceitaram uma missão que me foi entregue há muito tempo.

Seus olhos se tornaram cuidadosos.

- Posso participar?

Olhem para as meninas como se a decisão fosse delas. Sophie tomou a dianteira.

- Foi você quem destruiu Cianne?

Ela pareceu pensar por um instante, como se decidisse se deveria dizer a verdade ou não. Por fim, pareceu adivinhar que seria mais aceita por um clã de vampiras se assumisse responsabilidade por aniquilar uma cidade inteira.

- Sim.

- E as bruxas foram destruídas no processo?

Dessa vez ela fechou os olhos, se concentrando para ter certeza. Pelo visto, a aniquilação tinha sido feita de forma inconsciente, como parte do encantamento que protegera a cidade por tanto tempo.

- Não. – Ela respondeu, finalmente.

A sensação de água gelada escorrendo por minhas costas, mesma que eu sinto sempre que Ellie me encara, paralisou meu corpo por um momento.

As Crônicas de Kat - A História CompletaWhere stories live. Discover now