Epílogo

2.9K 245 85


Espero que gostem, boa leitura 

Xxxxx

Epílogo

Pov Gustavo

Anos depois

Eu não poderia imaginar que minha vida fosse mudar tanto, e para melhor, ter Lorena e meus filhos foi o melhor que poderia ter acontecido comigo.

Praticamente três anos se passaram desde que eles nasceram, e foram tantas coisas que aconteceram conosco, e muitas lembranças inesquecíveis, como por exemplo, as primeiras palavras deles, aos 11 meses e meio, nunca vou me esquecer deste dia.

Início do flashback

Estávamos brincando com eles no nosso quarto, Lorena tinha colocado vários brinquedos no chão, bonecas, carrinhos, ursos de pelúcia, enfim, vários brinquedos que eles amam, e estávamos sentados com eles.

- amor, vem com o papai vem? – eu chamo Manuela e lhe mostro uma boneca, e danada me dá um sorriso encantador, com seus quatro dentinhos, da alguns passos e vem até onde estou.

- papa- fala me abraçando, e olho pra ela, e para Lorena em seguida.

- ela.... – não consigo terminar a frase.

- sim, nossa filha chamou papai- Lorena fala emocionada.

- meu amorzinho, repete, fala papai- eu peço enquanto pego meu celular e começo a filmar – fala filha, papai.

- papa- fala e em sorrir, a coloco em meu colo e a encho de beijos.

- o papai te ama- falo.

- a menininha do papai- Lorena diz, e eu começo a sorrir disso, sim, minha pequena é a menininha do papai.

- e você meu príncipe, não vai falar mamãe não? – Lorena pergunta a Rafael que está brincando com seu carrinho.

- não fique com ciúmes, ela ama você também, não é filha? Você não ama a mamãe?

- mama- fala e sai do meu colo e vão pra onde Lorena está e se joga no colo de Lorena Rafael vendo a interação das duas, larga o carrinho e vai também pra perto da mãe, e tenta disputar a atenção da Lorena com a irmã, como se isso fosse possível, pois a Lorena é uma mãe incrível, e ama os dois com a mesma intensidade.

- ele com ciúmes – falo com Lorena, enquanto continuo filmando a cena a minha frente.

- ele é o menino da mamãe- ela fala.

- mama- ele fala.

- repete meu amor- pede enchendo o rosto dele de beijos, e ele sorrir, e depois ela faz o mesmo com a Manu.

- mama- os dois falam ao mesmo tempo, e vendo essa cena, eu tenho certeza que não há mais lindo que isso. É depois desse momento lindo e devidamente registrado, resolvemos brincar mais com eles, dando uma verdadeira canseira neles.

Meus pequenos são cheio de energia, e amam brincar, e claro que brincamos com ele.

FIM do flashback

- o que tanto pensa aí e ainda mais sozinho? – Miguel me pergunta, se sentando ao meu lado, enquanto observamos os meninos brincando com os gêmeos na grama.

- estava lembrando do dia que eles falaram mamãe e papai a primeira vez – falo e olho meu irmão, que sorrir.

- esses momentos são inesquecíveis, depois de tantos anos, eu ainda me lembro de quando os meninos falaram a primeira vez.

Minha tentação, meu amor ConcluídaLeia esta história GRATUITAMENTE!