Cap-31

2.4K 208 15


Espero que gostem e lembrando que estamos no finalzinho 

Xxxxxxxx


Povv Gustavo cap 31

Os meses foram passando e Lorena está grávida de cinco meses, e nossos bebês estão muito bem, só que não sabemos o sexo deles, pois estão sempre com as perninhas cruzadas, e isso está me deixando maluco, pois preciso saber se terei dois filhos ou não. Mas a emoção de senti-los se mexendo foi mágica e inesquecível.

Início do flashback

Eu tinha acabado de chegar em casa e Lorena já estava, pois não deu pra levá-la ao escritório, então ela foi de carro, e por isso minha preocupação foi imensa, passei o dia todo mandando mensagem pra ela, pra saber se ela estava bem, e todas suas respostas foram positivas, e meu coração se acalmou.

Mas chegar em casa é ver minha mulher ali, bem não tem nada calmante melhor que isso, me aproximo dela e a beijo delicadamente, e em seguida alisou seu já avantajado ventre.

- tudo bem com meus três amores?- pergunto ao me sentar aí seu lado e alisar seu rosto.

-está tudo bem sim, não tem com o que se preocupar Gustavo, eu estou bem e eles estão bem – fala e coloca minha mão em seu ventre, e fico maravilhado com isso, pois é ali que meus filhos estão sendo gerados, quando sinto algo diferente, rapidamente olho para Lorena, que está como eu, de olhos arregalados.

- o que foi isso? – pergunto, quando sinto novamente.

- você está bem? Quer que eu ligue pra Viviane? – pergunto sem saber o que fazer.

- eu estou bem, e não precisa ligar pra Viviane não

- você tem certeza disso?

- tenho sim, e isso são nossos bebês se mexendo – fala sorrindo.

- uau, sério mesmo? – pergunto novamente, mas agora o medo da lugar a uma grande felicidade.

- tenho sim, são nossos filhos amor, eles estão se mexendo pela primeira vez – comenta e eu me abaixo na altura de seu ventre, levando sua blusa e começo a falar.

- oi meus amores, vocês não sabem o quanto o papai está feliz, por senti-los se mexendo pela primeira vez, eu amo tanto vocês, e não vejo a hora de pegá-los em meus braços, ver com quem se parecem, enfim, mas isso não significa que quero que nasçam antes do tempo, não sejam apressados – falo e dou um beijo no ventre de Lorena e sinto meus filhos mais uma vez se mexerem, e não t nada mais nada mais incrível que isso.

- obrigado por isso Lorena, eu jamais em minha vida tinha pensado que seria tão feliz como estou sendo com você.

- você vai me fazer chorar amor- fala e nos beijamos, mas logo nosso atenção volta para nossos pequenos, conversamos mais um pouco com eles e sentimos vários chutes, minha preocupação é que Lorena sinta algum desconforto, mas ela me garantiu que está tudo bem, e isso me deixa mais calmo.

Fim do flashback

- o que tanto você está pensando? – Lorena me perguntou, enquanto come um pedaço de bolo.

- estava pensando no dia que ia bebês se mecheram pela primeira vez.

- foi algo incrível e inesquecível – fala e estende a colher com o bolo na minha frente, e eu a pego e como o bolo, que é de chocolate.

- o bolo está delicioso – falo.

- eu fiz, tava querendo o que?

- nossa, como minha mulher é modesta e prendada- sorrio, falar minha mulher é algo tão natural pra mim, que esqueço que não somos casados, só moramos juntos, e isso será mudado em breve, quero uma aliança e enorme em seu dedo.

Minha tentação, meu amor ConcluídaLeia esta história GRATUITAMENTE!