⚠ Seventy-One ⚠

14K 1.5K 937

Boa Leitura! ❤

“Obrigado por tolerar minha ansiedade, compreender minhas loucuras e ter me amado com todos os meus defeitos.”

Jimin P.O.V's

     Eu já não meu aguento mais em expectativa, mesmo que todos tenham me dado a certeza de que dará tudo certo, meu coração parecia fora de compasso a cada segundo. Jihyo disse que é normal se sentir assim nas vésperas do casamento, mas eu deveria manter a calma por conta do bebê. Escolhemos a fazenda da família para fazer a cerimônia e a festa, fugindo a ideia inicial de ser em um imenso salão, ou até mesmo nos jardins da mansão. E para variar, me impediram de ver Jeon durante os dois últimos dias que antecedem o casamento, para nos deixar com mais expectativa. Estávamos isolados em locais opostos da propriedade, de um lado, Yoongi e minha madrasta me acompanhavam, do outro, meu pai e Taehyung acompanhavam Jungkook.

     A ideia de estar em um quarto sozinho me assustava, e mesmo implorando para ver meu alfa, me deixavam apenas trocar mensagens com ele. Creio que tentaram fazer o mesmo que fazem com uma noiva normal, se esqueceram por um curto período, que estou esperando uma criança. Me encontrava na varanda do quarto, observando o pessoal da decoração trabalhando no jardim, tudo deveria estar impecável para a manhã seguinte, ao menos me deixaram na ala da casa, que me dava uma ampla visão do que faziam. Apesar de estar um pouco frio, a previsão é de um dia ensolarado, o que me fez escolher a opção de casar ao ar livre.

     Um copo de suco natural estava em minhas mãos, mas acabei o deixando sobre uma pequena mesa, para me dar liberdade de abraçar meus joelhos. Me permiti chorar, sim, literalmente deixar as lágrimas escaparem por estar dois dias sem vê-lo. Podem ficar a vontade para disparar obscenidades, não me importo de receber nome de carente dramático, mas eu preciso mesmo do meu alfa. Pelo menos falar com ele, abraçá-lo, ou quem sabe um beijo rápido para me acalmar. Me sentia fraco estando tão dependente, sabia que era coisa psicológica, coisa da marcar, mas jurei até sentir dores na mordida em meu pescoço. Me levantei, sentindo uma leve tonteira, ainda assim tentei caminhar até a porta, mas senti meu corpo perder as forças, e ceder em direção ao colchão, e por sorte, minha sogra aparecer na hora.

     -Céus! Jiminnie, você está bem? -A mais velha se abaixou ao meu lado. -Eu disse para se acalmar, querido. Sente-se aí, vou pedir que lhe tragam algo para comer.

     -Não! Eu quero ele. Me deixa ver Jungkookie. -Pedi, minha última tentativa. -Por favor, Omma!

     -Meu amor, sabe que ficarem afastados, deixa tudo mais incrí... -A encarei com lágrimas nos olhos. -Tudo bem, vou chamá-lo.

     Sorri, ficando sentado sobre o colchão. JiHyo saiu do quarto, seguindo até a outra ala da casa, por sorte, Yoongi tomou a frente das decorações, estava nos jardins, supervisionando tudo. Esperei ansiosamente por alguns minutos, até Jungkook aparecer desesperado, trajando apenas uma calça jeans. O mais velho veio em minha direção, procurando marcas em meu corpo, arranhões de uma possível queda, então selou meus lábios rapidamente, antes de me puxar para seu colo, enrolando minhas pernas em sua cintura.

     -O que aconteceu, bebê? Omma disse que você estava passando mal, nem mesmo terminei de me vestir. -Percebi o quão ofegante ele estava. -Amor, está tudo bem com nosso pequeno?

     -Está sim, Jungkookie! -O abracei, me apertando ao seu corpo. -Eu só estou com saudades.

     -Jimin! -O encarei, percebendo seu olhar sério em minha direção. -Eu não vivo sem você. Também estava me segurando de saudades, e olha que estamos no mesmo lugar, separados apenas por um corredor.

Sweet Poison ⚠ Jikook ABO ⚠Leia esta história GRATUITAMENTE!