⚠ Seventy ⚠

16.6K 1.6K 1K

MEU PRESENTE PARA VOCÊS!

AVISO: Capítulo contendo smut / lemon... 🍸🔞

Boa Leitura! ❤

“Não digas nada... Dispenso as palavras, quando sinto seu toque em meu corpo.”

Jimin P.O.V's

     Depois de ensinar ao meu noivo os tipos de palavras que crianças não podem ouvir, levei Daesung para o banho, e após lhe dar o jantar, Jungkook o coloco para dormir. Por sorte, o mais novo puxou um pouco a preguiça de Yoongi, e não demorou a adormecer, também, passou o dia inteiro pulando e quando o estoque de açúcar se esgotou, sua energia também se foi. Antes de seguir até o quarto de hóspedes, deixei a cozinha arrumada, meu alfa havia ido até nosso apartamento, para buscar roupas limpas, e mais confortáveis para passar a noite, por sorte, o primeiro dia que passamos por conta do mais novo, se foi sem muitos problemas.

     Confesso que me sentia cansado, não é fácil dar conta de uma criança, ainda mais quando a criança mais velha, decide entupi-la de doces, agora Jeon descobriu porque não damos açúcar à um ser de tão pouca idade. A casa em silêncio, aproveitei para tomar um banho relaxante, em uma banheira repleta de água morna e espuma com aromas de morango, ao menos aquilo não estava provocando meu estômago. Ainda de olhos fechados, apreciando a temperatura da água, senti o alfa se posicionar atrás de meu corpo, sua pele em contato com a minha, a respiração em meu pescoço, me fazendo arrepiar sem grandes esforços.

     Suas mãos deslizaram por meu abdômen, acariciando aquela região, até uma delas escorregar para minhas nádegas. O médico disse que sexo não seria um problema desde que eu não meu esforçasse demais, e bom, meu corpo clamava pelos toques do mais velho. Mais sensível que o normal, despertando as áreas erógenas com um simples beijo, arrepiando a epiderme com um simples toque, gemendo por conta de um simples suspiro, provando mais uma vez, e quantas mais fossem necessárias, eu pertenço ao meu alfa, de corpo, alma e coração, eu sou de Jeon Jungkook, assim como ele é meu.

    Meu alfa não estava diferente, sentia seu membro ereto prensado entre a base de minha coluna e seu abdômen, tão sedento por uma dose do que ele chama de doce veneno. Ambas as peles aquecidas, como se estivessem em uma fogueira, não dentro de um enorme recipiente de porcelana francesa, repleto de água e espuma. Seu aroma de alfa ficou mais forte, me fazendo gemer com vontade, e meu membro doer, mesmo estando livre, dentro da água. Jeon distribuía beijos por meus pescoço, e mordidas em meu maxilar, enquanto esbarrava propositalmente uma das mãos em meu falo que já liberava o líquido seminal.

     -Jungkookie, eu quero... Eu preciso de você. -Sussurrei, tentando entender quando consegui o dobro de sensibilidade a um simples toque seu.

     -Vire-se para mim, bebê! -Ele sussurrou de forma rouca, e eu sentir minha entrada se contrair com seu timbre de voz alterado.

     Com suas mãos em minha cintura, Jeon me ajudou a levantar com cuidado, seu maior medo era que eu escorregasse dentro da banheira, chegava a ser fofo tanta preocupação. Me sentei novamente, com uma perna de cada lado, sentindo seu membro tocar o meu, e mesmo com as bochechas mais aquecidas que o restante do corpo, o encarei. Meu alfa se aproximou, selando meus lábios enquanto afundava os dedos em meus cabelos, minha respiração acelerou, sem a mínima culpa sobre o local onde faríamos amor. Meu corpo precisava ser tocado, e nem mesmo estava em heat, a médica disse que seria normal os descontroles hormonais.

     -Amor, não podemos. -Me lembrei, de forma dolorosa que havia uma criança em um dos quartos no mesmo corredor. -Daesung pode acordar.

     -A porta está trancada. -Jeon desceu os beijos por meu pescoço. -Ele não vai acordar. -O mais velho me encarou. -Meu único medo é machucar você ou nosso bebê.

Sweet Poison ⚠ Jikook ABO ⚠Leia esta história GRATUITAMENTE!