CAPÍTULO IV

677 17 8


Demorou alguns dias até que Renan e João Pedro tomassem coragem para dar o próximo passo em seu ambicioso plano. O vídeo que os dois adolescentes gravaram, comprometendo Samuel Bianchi, tinha sido copiado para vários dispositivos diferentes, como computadores, pen drives e até cartões de memória, tudo isso para que eles não perdessem o arquivo caso algum imprevisto acontecesse.

O medo que os dois garotos sentiam impediu que eles agissem de imediato. Eles adiaram o plano por vários dias até que João disse a Renan que eles deveriam fazer isso de uma vez. Então combinaram de ir até a casa de Samuel naquela tarde ensolarada depois da escola.

Renan viu no relógio do seu celular que eram quase cinco horas da tarde. Ele e João Pedro estavam parados na frente do portão da casa de Samuel, sentindo um certo aperto no estômago.

-Tem certeza que quer fazer isso? – Renan perguntou.

-Claro que sim. Tu quer desistir agora?

-Não mas... Estou com um pouco de medo.

-Medo do quê?

-Sei lá... E se o Samuel fizer alguma coisa com a gente?

João olhou para baixou e refletiu por alguns segundos. Estava usando uma camiseta azul-escura, um short verde e chinelos. Ele pensou no que Renan tinha acabado de dizer e ficou com muita dúvida... Eles não conheciam Samuel realmente, que tipo de coisa o rapaz seria capaz de fazer se eles revelassem que sabem de seu segredo?

-Vamos fazer isso sim – João respondeu decidido – Não podemos parar agora. Prefiro me arrepender de ter feito do que me arrepender de não ter feito... Entendeu?

-Sim, tem razão – Renan ficou mais corajoso depois disso. Usava uma camisa cinza, um short preto e também estava de chinelo – Quem vai tocar a campainha? Você ou eu?

Por um momento eles hesitaram, mas então João Pedro tomou coragem e apertou o botão da campainha. Não demorou muito e Samuel Bianchi apareceu no portão, sem camisa, usando uma bermuda preta e descalço.

-Olá – Ele disse para os meninos. Estava muito surpreso por vê-los ali parados – O que vocês dois querem?

-Oi Samuel... Hã... Tudo bem? Não sei se você se lembra de mim, também estudo lá no Liceu – João respondeu, bastante nervoso.

-Acho que lembro sim. É João né?

-Sim, João Pedro. Nós já nos vimos lá na escola algumas vezes... E somos vizinhos.

-Eu me lembro – Samuel olhou para Renan – E você, quem é?

-Renan. Amigo do João – Renan respondeu, mais nervoso do que tinha esperado.

-Você estuda no Liceu América também?

-Não, não. Eu estudo no Orlando Braga.

-Ah sim. Acho que eu já vi vocês dois aqui na rua – Samuel esperou que os meninos dissessem mais alguma coisa, mas pareciam envergonhados demais para falar - Mas então, o que vocês dois querem? Alguma pipa caiu no meu quintal?

João e Renan se entreolharam.

-Não, nada disso – Respondeu João – Na verdade, nós viemos aqui falar com você sobre uma coisa.

-Comigo? O quê é?

-É que... Não podemos falar aqui na rua – Renan respondeu, tentando ao máximo improvisar – É muito importante mesmo. Se a gente puder entrar pra falar com você...

Contos (Gays) Na AdolescênciaRead this story for FREE!