Cap-20

2.2K 209 10

espero que gostem, e boa leitura.

xxxxx

Pov Lorena

Eu acordo em um quarto todo branco, e não sei onde estou, o que aconteceu comigo? Não tenho tempo de pensar muito, pois a porta é aberta e vejo Júlia entrando no quarto acompanhada de um médico que por sinal é muito lindo.

- como está?- Júlia pergunta se aproximando da cama.

- estou bem, o que aconteceu?

- você realmente não lembra?- ela me pergunta.

- não! Está tudo tão confuso, a minha mente está bagunçada, por favor me fala que eu não vou ficar assim- eu peço a minha irmã.

- calma Lorena, esse é o Dr. Ricardo, ele é neuro e vai te examinar novamente, mais pelos exames feitos quando chegou aqui, você está bem.

- exatamente, eu irei fazer alguns exames em você, podemos começar?

- claro- falo olhando pra ele e sorrindo, ele é realmente muito bonito, deve ter uns trinta anos, após meia hora terminamos os exames.

- então, está tudo bem com ela?- Júlia pergunta.

- sim! Ela está bem, não ouve nenhum dado em seu cérebro.

- graças a Deus- eu falo- e eu vou me lembrar de tudo da minha vida?

- vai sim, boas e ruins, é só questão de tempo- ele fala enquanto anota algo no meu prontuário.

- obrigada por tudo- eu falo.

- agora vamos lá enfrentar sua família- Júlia fala.

- nossa família- digo a ela, e o médico nos olha sem entender nada.

- ela é minha irmã, depois eu explico. Agora vamos lá falar com eles, antes que o Gustavo entre aqui, mesmo sem autorização.

- ele está aqui?- pergunto chocada

- está sim, e como os outros, ele está bem preocupado com você- Júlia fala, e não me dá chance de falar mais nada, sai com aquele médico bonitão, e me deixa aqui, sozinha.

- eu ainda estou chateada com o Gustavo, por ele ter desconfiado de mim, ele não podia ter feito isso.

Depois de alguns minutos depois uma enfermeira vem me buscar, para fazer mais exames, agora que eu estou acordada. E mais uma vez Júlia está acompanhada com o Dr. Ricardo, será que é ele...?

- Lorena, por favor fique quieta- ele fala, enquanto os enfermeiros me colocam em uma máquina pra fazer o tal exame.

- isso é meio estranho- eu falo.

- você se acostuma- ele fala, e depois de alguns minutos ele fala que o exame está finalizado, agora é só esperar ele me falar o resultado e porque eu não estou lembrando de nada, e minha mente está confusa.

- então, está realmente tudo bem?

- claro que sim, só não saia mais correndo e atravessando ruas e ser atropelada, quase que você causa um ataque na sua família.

- tudo bem, vou me controlar- falo enquanto sou encaminhada para meu quarto, e como estou com um pouco de dor de cabeça eu peço um remédio a uma enfermeira, que logo trás, eu pego e não demora muito para que eu durma. Acordo não sei que horas, e sinto um cheiro que pra mim é conhecido, só que não lembro de onde é, abro os olhos e vejo que ele está ali comigo. Sim, eu estou lembrando de tudo, de todo mundo, eu lembro de tudo agora.

Minha tentação, meu amor ConcluídaLeia esta história GRATUITAMENTE!