Prólogo

2.4K 379 73

* Rose *

- Pai o senhor está vendo a mesma coisa que eu? Se não, pode me interna, pois eu estou doida

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

- Pai o senhor está vendo a mesma coisa que eu? Se não, pode me interna, pois eu estou doida.- Estou deitada na rede da varanda e encaro o céu ao ver uma luz muito forte se aproximar do milharal logo a frente da nossa casa.

- Eu sabia! Vou pegar a espingarda, esses filhos de uma égua não vai esmagar meu milho.- Meu pai entrar para pegar a arma, resmungando do seu jeito de sempre. Moramos no interior de uma cidade do Brasil, aqui é comum vermos luzes como essa no céu, mas essa parece me atrair com esse som estranho, ai cacete! Não consigo voltar, meu corpo não me obedece. Entro no milharal, contra minha vontade, grito meu pai, mas uma luz forte foca bem em cima de mim. Tento correr, mas a luz começa me puxar para cima, esperneio, nado cachorrinho tentando sair desse flash de luz que me puxa para cima. Mas não consigo sair!

- Pai! Pai! Socorrooo! Não atira não! Ohh...pai assim o senhor vai me matar!-Grito e ele cessa o tiroteio, dou um aceno de tchau, pois não me resta muita coisa a fazer. Estou sendo abduzida, isso só pode ser uma grande piada de mal gosto.

Ao estar dentro da lata de metal gigante, o chão se fecha me fazendo cair de bunda, gemo por ter batido meu traseiro. Analiso o local onde estou. É igual ao dos filmes cheio de aparelhos que não faço a menor ideia para que servem. Eita, moléstia! isso pode ser um sonho...o pior que não assisti nenhum filme de ET ou andei pensando naqueles troços de cabeça grande antes de dormir...será que eu dormi na varanda?

- Olá, terráquea, bem vinda a nave do planeta Akalom, sugiro que sente-se na cadeira a sua direita e coloque o sinto de segurança, faremos uma explosão em um minuto.- A voz feminina computadorizada falou comigo em português, como isso é possível? Espera! Vão Explodir!?

- Vocês me pegam e agora vão explodir a nave! Me coloquem agora de volta em minhas terras seus desgraçados! Ahh se eu boto minhas mãos em um de...- Minha voz some ao ver uma das portas de metal se abrir rápido, dou um passo para trás caindo de bunda no chão. Deus do céu! É isso que é um Alien! Tento falar, mas parece que fiquei muda, arrasto minha bunda no chão a medida que o homem...ou melhor o Alien gigante e cabeludo tenta vir em minha direção.

- Por favor! Eu...eu não quis irritar vocês... só me manda de volta, eu nem sou tão saborosa, vocês vão me comer, não é?- Falo apavorada, ele simplesmente se abaixa agarrando meu braço e me levanta com um puxão me deixado de pé...ainda bem que tenho o controle da minha bexiga ou estaria toda mijada agora.

Gente! Ele é enorme, chutaria uns 2.0 metros de altura sem pestanejar, mesmo com meus 1,70 estou batendo abaixo do seu peito. O encaro admirada por sua semelhança com os humanos, ele só é mais alto e mais forte, sua pele também é bem mais bronzeada e esses olhos senhor, acho que ninguém na terra tem um assim no natural é claro, só se for cego. É um azul quase branco, estou realmente sem palavras, ele não chega a ser lindo a vista, ainda mais com essa cara de quem comeu e não gostou.

- Sente-se!- Ele diz firme sua voz soa mais grave que um trovão cortando o céu, arrepiei! Mas antes dele conseguir me fazer sentar, sinto meu corpo sendo puxado de vez para frente iria me enterrar na parede de metal, mas ele agarrou meu corpo me abraçando com tanta força que senti meus ossos estralarem, ele bate com a costa na parede de metal e solta o que parece ter sido um rosnado, me sinto como se estivesse descendo em uma ladeira com o carro sem freio só que mil vez mais rápido. Até meu fôlego foi roubado de mim, e com esse aperto, provavelmente estarei paraplégica quando esse troço parar.

Oi meus amores...2019 têm história nova e bem louca. Não tem data prevista. Mas já guardem na biblioteca para não perderem nenhum capítulo. Bjs😘😘😘

O Supremo Alien-  *Série - Amores Aliens. Livro 1*Onde as histórias ganham vida. Descobre agora