Ellie - II

78 13 1


Os fatos registrados em As Crônicas de Kat foram retirados dos diários de Kat e das vampiras que transformou. O primeiro foi adquirido quando Kat completou 20 anos de transformação – descrito no diário como "meu aniversário de 30 anos" - quando ela achou que já era o momento de registrar as marcas que deixaria no mundo como muitos que ela foi forçada a estudar antes de ser transformada (e por isso algumas histórias são contadas em 2ª pessoa e não como simples relatos).

As informações sobre sua transformação traumática, e as viagens de Kat antes da formação do Exército serão acrescentadas durante a história. Algumas partes necessitaram ser completadas por narrações feitas após o acontecimento dos fatos. Outras foram organizadas em uma ordem que permite a melhor compreensão dos fatos pelo leitor.

O diário é o único lugar em que Kat foi completamente sincera sobre o que acontecia com ela, porém as anotações são muitas vezes vagas e infantis. Antes de hoje as únicas que conheciam essas histórias eram as vampiras do Exército.

Eu, Olivia Bittencourt, atesto que para todos os fins o que está escrito aqui é o relato mais fiel possível do que aconteceu de verdade.

Paris, França

10 de outubro de 1864

Diário de Ellie

Disseram-me que nunca houve tanta névoa em Paris desde o ano que eu nasci. Madame Pepot costumava dizer que é assim que os espíritos viajam. Até Mary sente algum tipo de presságio ruim sobre esse clima. Eu apenas o acho condizente com meu estado de espírito.

Hoje encontrei Alec pela primeira vez desde que seu noivado saiu nos jornais. Ele estava sorrindo, de braços dados com uma garota pequena e rechonchuda de olhos azuis e um longo cabelo dourado que o mercador chamou de Angélique. Nenhum dos dois me viu, mas não acho que me ver faria muita diferença.

Vê-lo fez toda a diferença para mim. Não acredito em mim mesma quando penso que, mesmo que por meio segundo, acreditei que nós pudéssemos dar certo. Porque ele se casaria com uma órfã? Sem futuro, sem passado, sem nome? Uma Pleurer!

Diário de Kat

Eu deveria saber que era apenas uma questão de tempo até que mamãe convocasse sua "arma indestrutível" e "fonte de poder que não podia ser comparada a nada que nossa família já tivesse tido nas mãos em milhares de anos".

Era meu aniversário de 30 anos quando minha decrépita mãe me contatou de algum lugar entre a Rússia e a Eslováquia e me disse que eu tinha uma missão em Paris para "usar meus conhecimentos reparando a bagunça que seu tio Julian tem causado".

O QUE ELA ACHA QUE EU SOU? UMA LIGAÇÃO DIRETA PARA O SUBMUNDO? Quando eu falei sobre não ser mais uma criatura controlável, ela listou delicadamente todas as formas possíveis de me matar se eu não continuasse fazendo tudo que ela precisa que eu faça. Ou seja, eu estou sob o controle dela para sempre.

Hoje é meu primeiro dia em Paris e eu já entendi tudo. Aparentemente, meu primo Alec era apaixonado por uma órfã e prometeu casamento assim que ela tivesse idade suficiente para mandar em si mesma. Porém, Julian com medo de perder ótimas chances de estender o poder do bom nome que criou, evocou um espírito qualquer para possuir o filho e dar fim em sua paixão.

Eu não entendo muito sobre o amor, mas entendo o instinto e as pessoas dessa família não deveriam ter algum tipo de instinto paternal? Quer dizer, vale mesmo a pena destruir a alma do seu próprio filho e substituir por um demônio qualquer simplesmente porque ele foi burro o suficiente para se apaixonar? Esse tipo de estupidez – e com estupidez eu quero dizer a paixão - acontece com uma frequência perturbadora.

11 de outubro

Diário de Ellie

Consegui um emprego! Irei substituir Mary!

Ela finalmente conseguiu o emprego de professora que tanto queria e pediu a Madame Pepot para me contratar para cuidar das crianças e, já que eu sempre fui muito boa com os mais novos, ela nem hesitou em aceitar.

Eu sei que tudo dá a impressão de que eu não quero seguir em frente e deixar o orfanato para trás, mas eu realmente preciso de um pouco de estabilidade antes de começar a viver de verdade.

As Crônicas de Kat - A História CompletaWhere stories live. Discover now