Capítulo 8

11.4K 1.2K 905

Ohmygodohmygodohmygod

Harry ficou congelado no mesmo lugar, sua mandíbula pendurada, seus olhos arregalados. Ele era incapaz de falar, incapaz de se mover, e incapaz de tirar os olhos da vista deslumbrante diante dele.

Louis Tomlinson estava a cinco pés de distancia dele, vestindo nada além de uma toalha.

Se aquilo poderia ser chamado de toalha. Era muito menor que uma toalha normal, estava perto do tamanho de uma toalha de rosto.

As gotas de água estavam pingando de seu cabelo castanho claro, fazendo-a escorrer pelo seu rosto levemente bronzeado. Harry engoliu seco, enquanto observava uma das gotas escorrer do lado do rosto do menino e para baixo de seu pescoço. Ele engoliu um nó gigante que se fazia em sua garganta, enquanto observava a mesma gota fazer o seu caminho pelo seu abdômen e bem enfraquecida desaparecer no tecido da toalha.

"Harry?" Louis conseguiu dizer, seu rosto ainda repleto de choque e confusão. Ele apertou ainda mais a toalha, enquanto continuava a olhar para o menino que estava a sua frente antes de dizer o nome dele. "Harry?"

Harry piscou várias vezes quando trouxe de volta o olhar aos olhos do menino. Ele moveu os lábios como se fosse dizer alguma coisa, mas nenhum som passou por seus lábios.

Louis apenas o encarava, as sobrancelhas levantadas, esperando o menino de cabelos encaracolados dizer alguma coisa, qualquer coisa.

Finalmente, depois do que pareceu uma eternidade, o cérebro de Harry tornou-se re-oxigenado e ele foi capaz de formar palavras coerentes.

"E-eu... bem, umm..." Harry se atrapalhou com as palavras deles, mas decidiu ser apenas honesto. "Eu queria falar com você."

Louis ficou ali, sua expressão ilegível.

Harry engoliu seco e continuou com sua explicação. "Eu precisava pedir desculpas. O que eu fiz foi realmente terrível e você não tem ideia de como eu me sinto."

Louis ainda não disse nada, mas sua expressão se transformou em um olhar magoado, um olhar que fez o estomago de Harry cair.

"Louis, por favor", implorou, andando mais perto do garoto. "Eu estava procurado por você há dias. Tenho estado tão preocupado. Podemos conversar?"

Mais uma vez, Louis não disse nada. Ele apenas ficou olhando para Harry examinando o olhar em seus olhos.

Derrotado, Harry soltou um suspiro alto e olhou para o chão. "Eu sinto muito." Ele sussurrou, com a voz embargada. Então ele virou seu calcanhar pronto para caminhar para fora do vestiário, quando a voz igualmente fraca de Louis, finalmente falou.

"Só... deixe-me vestir, ok?"

Harry fechou os olhos e respirou um suspiro audível de alivio e voltou-se para o menino, balançando a cabeça. "Tudo bem", disse ele com um sorriso.

Louis se virou para ir embora, e quando ele se afastava do outro menino, Harry levou a vista para suas costas. Ele tinha vários hematomas de diferentes cores e formas salpicados por toda costas e caixa torácica.

"Louis!" Harry exclamou, com a mão chegando a cobrir a boca em choque.

Louis se virou e franziu as sobrancelhas de uma forma em questionamento.

"S-suas costas!" Harry gaguejou, apontando um dedo para o outro rapaz.

Louis olhou imediatamente horrorizado. A cor sumiu do seu rosto e seus olhos pareciam dardos ao redor da sala, como se estivesse à procura de um lugar para se esconder.

"E-não é nada...", ele gaguejou.

"Louis, por favor, deixe-me ver", Harry exigiu.

Louis sacudiu a cabeça e colocou um sorriso obviamente falso em seu rosto. "Não se preocupe, Harry. Honestamente, eu estou bem. É apenas do futebol." Ele observou Harry cautelosamente, esperando para ver se o outro garoto tinha acreditado em sua história. Infelizmente para Louis, ele não tinha.

More Than Meets The EyeWhere stories live. Discover now