⚠ Fifty-Five ⚠

18.8K 1.8K 1.7K

AVISO: 😈🔞🌚

Boa Leitura! ❤

"Cair e se levantar, chorar e sorrir, quebrar as regras vencer o impossível, surpreender a todos, essa é minha vida, esse é meu tudo."

Jungkook P.O.V's

     Tédio, tudo o que se resumiu meus últimos quarenta dias. Exames semanais, todos com resultados positivos. Tanto eu quanto meu doador estamos perfeitamente bem de saúde. Tive que me levantar cedo para a última consulta, minha mãe iria me acompanhar, já que Jimin não poderia se ausentar da faculdade, por mais que ele quisesse muito. O deixamos na universidade e fomos direto para o hospital. Os últimos exames nas mãos da médica, e um sorriso brotou eu seus lábios.

     -Está liberado, Senhor Jeon! –A mais velha disse, e minha unia reação foi abraçar minha mãe. –A medula se fixou, você não corre mais riscos de infecções ou hemorragias, parece que fez o dever de casa corretamente.

     -Com todo respeito, doutora. Mas quanto mais cedo eu me livrasse da senhora e de sua equipe, seria lucro. –Recebi um pequeno tapa de minha mãe.

     -Perdão doutora Kim, meu filho não consegue manter-se em silêncio. –A mesma disse me encarando. –Obrigada por ajudar a salvá-lo, não sei o que seria de mim sem você e sua equipe.

     -Eu entendo, também fico feliz em me "livrar" de você, Jeon! É sempre bom quando um paciente vai para a casa. –Ela sorriu me estendendo a mão. –Pode voltar ás suas atividades normais. Digo, trabalho, exercícios físicos, relações sexuais.

     A respeito da última atividade mencionada, queria deixar claro que simplesmente adore, já estava há pouco mais de uma semana, pensando em uma maneira, ou melhor, em mil maneiras de punir meu maldito ômega. Jimin fazia questão de desfilar nu, ou apenas de boxer pelo cômodo. Cheguei a ficar duro várias vezes, mas sempre éramos proibidos, ou melhor, o ômega se afastava, seguindo ás malditas regras médicas. Mas hoje ele não me escapa.

     Quando finalmente coloquei os pés para fora do hospital, de uma forma definitiva, sabendo que não iria precisar fazer o uso dos medicamentos, e que não haveriam mais regras, jurei a mim mesmo, que só retornaria aquele local, caso fosse realmente necessário. Como também estava liberada e precisava de um descanso, minha mãe apenas me deixou em casa, e de lá seguiu viagem com meu padrasto, os três dias do fim de semana, em um resort na Ilha de Jeju, faria bem para seus nervos e hormônios de gestação. A primeira coisa que fiz quando fiquei sozinho, foi esbanjar no chocolate, com a viagem, minha mãe dispensou a empregada pelo fim de semana.

     Ainda faltavam pouco mais de duas horas para Jimin deixar a universidade, troquei minhas roupas, peguei as chaves do carro, e segui até a casa de meu irmão. Yoongi se surpreendeu com minha presença, e ficou ainda mais espantado, quando me viu atirar meu corpo contra o chão, enchendo meu sobrinho de cócegas e beijos. Quando contei sobre a alta definitiva, meu irmão me abraçou com toda a força e revelou o medo que ficou durante todo o tratamento, o medo de me perder.

     Meus cabelos já haviam voltado ao tamanho normal, e estavam mais fortes que nunca. Os músculos, adquirido suas formas originais, apenas estava esperando a melhora das químicas de meu corpo, que vieram hoje com a liberação medica. Faltavam pouco mais de meia hora quando sai da casa de meu irmão, iria esperar meu pequeno na portaria do campus. Cheguei assim que os primeiros alunos começavam a sair. Como nos velhos tempos, se tratando de uma sexta-feira, todos sorriam animados pela chegada do fim de semana.

     Mais alguns minutos e lá estava ele, andando tranquilamente com sua blusa listrada e uma calça preta que marcava perfeitamente suas coxas. Admirei com desejo aquilo que me pertence. Meu Jimin, meu ômega, meu noive, apenas meu. Mas meu sorriso sumiu quando percebi quem estava ao seu lado, Nari, a mesma que o agredia na época de colegial, o que me deixou intrigado, foi à forma que ambos conversavam, pareciam amigos. Vi a garota subir em uma moto, se despedindo do pequeno ômega de forma desanimada, e então o mais novo olhou para todos os lados da rua, possivelmente a espera de um táxi.

Sweet Poison ⚠ Jikook ABO ⚠Leia esta história GRATUITAMENTE!