Capítulo 5

12K 1.3K 1.6K

Harry saiu do auditório bufando de raiva. Como ele poderia ter realmente acreditado que Louis era diferente das outras pessoas desse inferno? Ele estava tão louco que não percebeu que Niall estava no corredor quando ele o invadiu.

“Whoa Harry! Você está bem?”

Harry teve que ignorar sua raiva para tentar compor-se de volta para sua calma habitual. “Oh, Niall, eu não te vi ai”, respondeu ele empurrando seu cabelo rebelde para fora do seu rosto.

“Percebi. Mas você está bem? Você parece meio... Confuso.” Niall disse a ele.

“Claro que eu estou bem. Não se preocupe com isso. Tenho que ir a aula. Vou vê-lo no jogo desta noite. Acho que minha mãe vai querer nos levar para comer pizza depois, ok?”

“Uh, tudo bem. Acho que vou vê-lo mais tarde.” Niall observou confuso seu amigo correr para longe dele e ir para a aula.

Niall ainda estava tentando entender o que havia de errado quando a porta do auditório abriu revelando uma segunda figura.

“Louis?” Niall questionou, vendo os meninos com olhos vermelhos e inchados. “Cara, o que aconteceu?”

Louis olhou para cima, obviamente surpreso ao ver alguém de pé no corredor olhando para ele. Ele rapidamente enxugou os olhos com a manga da camisa e limpou a garganta.

“Eu estou bem Niall. Não precisa se preocupar, mas tenho que correr. Vejo você no jogo hoje à noite?” Ele não esperou a resposta; apenas olhou para o chão mais uma vez e continuou pelo corredor, em direção a sua próxima aula, na direção oposta que Harry havia desaparecido a momentos atrás.

Niall ficou ali no corredor, completamente perplexo. Ele só conseguia perguntar a si mesmo “que diabos aconteceu?”

-x-

Harry seguiu os passos da mãe no estádio até uma fileira desocupada na arquibancada. Tinha sido uma longa tarde, com Harry pensando sem parar nos momentos que aconteceram na hora do almoço com Louis. Se ele exagerou? Ele não queria acreditar que sim. Se Louis realmente quisesse ser seu amigo, ele não só se sentiria mal por ele está sendo intimidado, mas ele iria fazer algo, qualquer coisa para ajudar a impedir que isso aconteça.

“Isso é tão emocionante!” Anne disse ao filho depois que se sentou, interrompendo os pensamentos esmagadores de Harry. “Eu não vejo Niall jogar faz anos.”

Harry sorriu para sua mãe. “Eu não acreditei quando você disse que queria vir comigo, mãe. Você normalmente parece tão entediada quando eu assisto futebol na televisão.”

Anne fingiu um olhar ofendido até que seu filho rapidamente acrescentou: “Não que eu me importe, mãe. Eu amo passar o tempo com você. E você sabe que acabou de fazer a vida de Niall, o oferecendo pizza.”

Ela riu com a notícia; ela sabia que Niall comia muito bem. Ele era como um segundo filho pra ela, e como um irmão para Harry. Ela realmente gostou dele ter ficado do lado do seu filho quando ele se assumiu. Ela não sabia dos detalhes sobre o que Harry passava na escola, mas ela sabia que ele não estava em um momento fácil. Comprar uma pizza para Niall, era uma forma de agradecimento ao garoto, era o mínimo que podia fazer.

Momentos depois, o locutor veio em voz alta sobre os alto-falantes, assuntando Harry e Anne, “Aplausos para os Doncaster Rovers!”

Todo mundo da arquibancada se levantou e aplaudiu quando os meninos vestidos com as cores da escola entraram no campo agitando os braços em emoção.

O jogo começou. Harry tinha quase esquecido como era difícil manter-se com a bola, enquanto observava ela ser chutado para trás e para frente entre os jogadores. Ele estava sentado perto o suficiente do campo para ver o quão difícil estava o jogo. O suor escorria pelos membros, enquanto corria tentando manter a bola longe de seus adversários. Ele viu Niall chutar a bola para Liam, que então passou a perna para trás em um movimento fluido. Seu pé conectou-se com a bola e o publico a assistiu pelo ar em direção à rede. Harry prendeu a respiração quando o goleiro tentou bloquear a bola.

More Than Meets The EyeRead this story for FREE!