Capítulo 1 : Uma proposta?

603 30 20


Link original:  https://archivefourown.org/works/11691702

User do autor:  Farah_Rose


Era uma noite de sexta-feira típica para Magnus Bane. Na verdade, era uma noite de sexta-feira típica para Magnus Bane, de 28 anos. O Magnus de 3 anos atrás discordaria completamente do Magnus atual. No momento, ele estava satisfeito por sentar-se em uma cadeira confortável na varanda do seu loft, com os pés para cima, com um bom chá de camomila quente, bom livro na mão. Uma boa noite relaxante dentro de casa.

Faz anos, mas ele nunca pensou que ele teria isso novamente.

Após o desastre de um relacionamento com sanguessuga da ex, Camille, ele não está com pressa para reavivar a chama do amor. Infelizmente, Magnus é desesperado, romântico incurável e ele não pode evitar, mas se pergunta se o seu verdadeiro amor existe e se ele está lá fora em algum lugar.

Por 3 anos ele pensou que sua alma gêmea era Camille. Na verdade, ele estava absolutamente certo disso.

A realidade desapareceu quando ele a encontrou na cama com outro homem na noite em que ele estava planejando a pedir em casamento.

"Quem quer se casar com você, patético e carente". Ela zombou dele quando viu a caixa do anel na mão. Desnecessário será dizer que Magnus desistiu do romance depois disso.

Ele empacotou seus pertences e saiu, mesmo que o apartamento pertencesse a ambos. Magnus não suportava a ideia de ficar. Sua melhor amiga, Catarina, foi gentil o suficiente para deixá-lo ficar no quarto de hóspedes até ele se recuperar e retomar a vida.

Ele foi demitido de seu trabalho, como estilista, quando ele não apareceu no dia seguinte. Aparentemente, um coração partido não era considerado uma doença. Também não ajudou a empresa sendo do pai de Camille. Eles começaram a espalhar rumores sobre ele fazendo outras empresas questionarem sua integridade e habilidade como designer. Ele trabalhou incansavelmente para se tornar um nome no mundo do design, apenas para destruí-lo em um instante. Todas as suas esperanças, sonhos e aspirações ... desapareceram. O sonho acabou.

Seus amigos o levaram a beber aquela noite para tirar os problemas da cabeça.

Ele vagamente se lembrou de conhecer um homem com os olhos mais gentis que já viu, uma cor avelã bonita, sentado ao lado dele no bar. O homem pacientemente e, provavelmente, desconfortavelmente, o ouviu embriagado, desabafando sobre sua situação.

Ele acordou com a pior ressaca de sua vida e pensou que ele havia sonhado com a coisa toda.

Imagine sua surpresa quando recebeu uma ligação uma semana depois de um Alec Lightwood, CEO da LIGHT e DALE Enterprises oferecendo-lhe um emprego como assistente executivo. Aparentemente, Magnus falou sobre seu diploma em tecnologia e gerenciamento de negócios antes de mudar para o design. Ele também mencionou a Alec que ele falava várias línguas, uma característica que Alec achou mais útil. Isso tornou Magnus inestimável para a empresa.

Tendo uma mãe indonésia e um pai holandês, Magnus falou ambas as línguas crescendo. Ele aprendeu Inglês quando sua família se mudou para Brooklyn quando ele tinha 8 anos. Ele também estudou espanhol e francês na faculdade.

Magnus aprendeu que aos 26 anos de idade, Alec decidiu deixar o escritório de advocacia de seus pais, juntamente com seus sonhos de ser um advogado de primeira linha, treinado para assumir a empresa familiar, para abrir sua própria empresa. Alec e seu irmão adotivo, Jace Herondale, fundaram a empresa que fornece dispositivos móveis acessíveis. A empresa também oferece software de segurança e instalações de câmeras tanto para empresas como para casas. Alec não era apenas um gênio em seu campo, ele também era gentil, atencioso e compreensivo. Ele era um chefe incrível. Mesmo que a empresa fosse bastante nova, era um lugar confortável e divertido para trabalhar. Os funcionários eram tratados como família.

Capaz de sentir  MalecWhere stories live. Discover now