Desculpa

854 72 32

Cuidado para não morrerem de fofura com esse capítulo

~Jughead Jones

Me tornei um serpente, depois de tudo o que eu passei. Ainda estava com o rosto cortado por causa dos socos que tinha levado.
Já tinha se passado uma semana, e ainda não tinha nenhuma notícia de Betty.
Veronica e Archie sempre estavam me olhando estranho na escola, me perguntando o que tinha acontecido, mas eu não quis falar para eles sobre agora eu ser um serpente.
Recebi uma jaqueta de couro estampado o símbolo dos serpentes. Toni fez uma tatuagem no meu braço com o mesmo símbolo, o que doeu muito.
Então, depois de dois dias de puro sofrimento, oficialmente agora eu sou um serpente. Eu não uso muito a jaqueta, só se for alguma coisa séria com os serpentes.
Já tinha ido também na casa da Betty falar com ela, mas sempre a mãe dela falava que ela estava dormindo, ou estava doente demais para falar com alguém. O que eu estava achando tudo mentira, ela realmente não queria falar comigo, e isso me preocupou a semana inteira.

~Elizabeth Cooper

Passou-se uma semana, e ainda não tinha saído daquele quarto, só para comer, porque tem um banheiro no meu quarto, então não precisava sair para isso.
Escuto alguém batendo na minha porta pela milésima vez.
- Betty.- Era a voz da minha mãe.- É o Jughead, de novo.
- Fala que eu estou dormindo.- Cheguei perto da porta.
- Ele está insistindo em entrar.- Ela falou tentando abrir a porta.
Respiro fundo fechando os olhos, destranco a porta e a abro olhando para a minha mãe.
- Manda ele subir.
Ouço minha mãe descendo a escada, me sento na minha cama e respiro fundo, tentando pensar em uma ótima desculpa para Jughead, de não ter falado com ele a semana inteira. Depois escuto alguém subindo a escada e eu me olho no espelho da penteadeira, vejo que eu estou com olheiras e com os olhos vermelhos de tanto chorar.
Minha mãe abre a porta e se afasta para deixar Jughead passar. Eu me levanto rapidamente ficando de frente para ele, olho minha mãe fechando a porta e depois volto a olhar para Jughead, que estava com o olhar mais triste que eu já tinha visto.
- Porque me ignorou a semana inteira?- Ele questionou chegando mais perto de mim.
      De novo não pude deixar de começão a chorar, as lágrimas caíam lentamente, molhando minhas bochechas.
      Jughead se aproximou mais, passou os braços em volta de mim, me abraçando com força. Percebi, que tudo o que eu precisava era dele, do seu abraço e da sua presença. E ter ignorado ele a semana inteira, não foi a decisão certa a se tomar.
- O que aconteceu?- Jughead me perguntou nos sentando na minha cama.
- Meus pais.- Comecei tentando não chorar.- Internaram a Polly, eu nunca mais vou vê-la, eles acham que ela está endoidando por causa do ex-namorado de Los Angeles.
      Não conseguia parar de chorar, Jughead ainda me abraçava fortemente.
- Sinto muito.- Ele falou se afastando.
- Não é sua culpa.- Paço as mãos em baixo dos olhos, limpando as minhas lágrimas.

~Jughead Jones

      Agora eu consigo entender o porquê dela ter me ignorado a semana inteira, ela estava triste, precisando de espaço.
      Eu abraço Betty fortemente de novo, mas agora eu deito e a deito junto comigo ainda abraçando-a.
Fico alisando seus cabelos enquanto ela estava deitada de bruços com a cabeça no meu ombro e ainda me abraçava.
      Betty se virou nos meus braços, ficando de costas para mim, e eu ainda a abraçava.
Ficamos ali naquela posição, Betty acabou dormindo, eu fiquei acordado, passando levemente a ponta dos meus dedos em seu braço.
Escuto alguém abrindo a porta, e era a Alice, ela arregalou os olhou e deu um sorriso.
- Desculpa.- Ela sussurrou fechando a porta.
- Tudo bem.- Sussurro de volta dando um sorriso de lado.
Sem perceber, eu acabei caindo no sono junto com a Betty.

~Elizabeth Cooper

Acordo e estava na mesma posição em que eu tinha dormido, eu estava de costas para o Jug, e ele estava me abraçando com a mesma força. Me viro em seus braços, ficando de frente para ele.
Ele estava dormindo, tão lindinho enquanto dorme. Jughead conseguiu me deixar bem, mesmo com tudo o que está acontecendo, ele é a única pessoa que conseguia fazer isso. Eu fiquei olhando para o Jug, até ele acordar e não me cansava de olhar para ele.
- Está me olhando.- Ele fala ainda com os olhos fechados.
- Admirando.- Respondo sorrindo.
- Isso é estranho.- Ele se virou ficando com a barriga para cima.
- É romântico.
Ele abriu os olhos que foram diretamente para mim, deu um sorriso, pegou o travesseiro que estava atrás dele, e tampou seu rosto.
- Eeeei!- Fiz força para tirar o travesseiro de cima do rosto dele.- Não pode estragar minha admiração!
Jug tirou o travesseiro do rosto rindo e olhando para mim. Depois ele se aproximou e me beijou lentamente. 
      Ele se afasta e da um sorriso sem descolar os lábios.
      Passo a ponta dos meus dedos em um pequeno corte que tinha um pouco abaixo do olho de Jughead.
- Foi com os serpentes?- Questiono.
- Não é nada.- Ele responde dando um sorriso de lado.
      Desço meus dedos até o pescoço de Jug, aonde ainda estava a pequena marca roxo claro.
- Não acha que já é hora de eu fazer isso em você?- Ele da um sorriso aberto e olha para mim.
- Não.- Respondo rindo.
- Quer fazer em mim de novo?- Jughead questiona rindo.
- Talvez.- Olho para cima, rindo e depois volto a olhar para o Jug.
      Ouço alguém bater na porta, provavelmente a minha mãe.
- Quem é?- Pergunto me virando para a porta, ficando novamente de costas para Jughead.
- Betty?- Era a voz do meu pai vindo do outro lado da porta.
- Pai...- Me levanto indo em direção a porta para abri-la.- O que foi?
- Sei que está com visita.- Ele olha para Jughead que ainda estava deitado na minha cama e depois volta a olhar para mim piscando os olhos varias vezes.- Sua mãe pediu para mim vir chamar vocês para irem comer.
- Já vamos.- Dou um sorriso sem descolar os lábios e fecho a porta.
Me viro para Jughead que estava se sentando na ponta da cama, vou até ele e me sento ao seu lado.
- Está melhor?- Ele pergunta colocando o braço em volta de mim, e me puxando até ele.
- Estou.- Dou um sorriso de lado.

Jughead consegue deixar todo mundo melhor hahahaha
Espero que tenham gostado desse capítulo mais que fofinho, bem cut kkkkk
Bjinhos

ᴜᴍᴀ ʜɪsᴛᴏʀɪᴀ ᴅᴇ ᴀᴍᴏʀ ➢ ʙᴜɢʜᴇᴀᴅLeia esta história GRATUITAMENTE!