Capítulo 12 - Primeiro Passo | Parte 02

1K 115 66

Antes de tudo quero dizer uma coisa, não sei se já perceberam, mas eu nunca utilizo em meus livros as lendas exatamente iguais dos seres mitológicos que coloco aqui. Às vezes, até mesmo sou eu quem cria os monstros. Gosto de fazer isso pelo fato de sempre haver mais de uma lenda para determinado ser e para não haver complicações sobre qual escolher e etc, costumo fazer uma lenda minha, utilizando os elementos das lendas verdadeiras. Com Eldorado não vai ser diferente, além disso, alguns lugares citados aqui também podem não existir, são apenas fictícios. 

Decidi esclarecer isso antes de começar essa missão da Hay, para que ninguém fique apontando depois que tal coisa não está em tal lenda, etc, etc. Espero que não tenham nenhum problema com isso. Agora aproveitem o capítulo, beijos e agradeço pelos 3K de visualizações! 

~**~

- Não acha que tudo está acontecendo rápido demais? – Valerie me perguntou enquanto eu terminava de pentear meu cabelo para sair

Já havia amanhecido e a noite não podia ter sido mais inquieta e sufocante. Não dormi, talvez devido a ansiedade ou mesmo por causa das minhas cismas doidas. O que importa é que quase não preguei meus olhos durante toda a noite e já imaginava o sermão que Christopher iria me dar quando visse minhas olheiras.

- Estava pensando o mesmo, parece que você acabou de voltar e logo precisa ir embora novamente – Maya completou

As duas vieram minutos atrás para saber se eu precisava de ajuda, como eu já tinha tudo pronto, quiseram ficar, mas dessa vez para apenas passar um tempo comigo.

- Não parece, Maya. – Falei sorrindo e deixando a escova do cabelo sobre a penteadeira – Eu realmente acabei de voltar e já estou partindo.

- E isso não seria errado? Você tem feito muita coisa.

- Sabe, eu sinto falta da minha amiga de antes apesar de amar essa versão guerreira também. – Maya completou o que Val disse. Seu rosto não estava nada feliz

- Meninas, sem drama! – Pedi calmamente – Valerie, isso não é errado. É meu dever. E pra que tudo isso? Por mais que tudo isso tenha acontecido, ainda sou a mesma.

Elas me encararam por um instante até abrirem um sorriso.

- Não se preocupe, nós sabemos que isso é verdade. Só queríamos mostrar o quanto iremos sentir saudades – Valerie falou rapidamente e em seguida veio até meu lado e me abraçou. Retribui o gesto, mas não tirei minha atenção de Maya. A chamei em certo momento para se aproximar, após hesitar por um tempo, veio em nossa direção e nos abraçou

- Lembrem-se, quanto mais rápido continuarmos com a missão, mais rápido ela termina e eu poderei finalmente respirar sem todo esse peso nas costas.

Elas assentiram, compreendendo o meu lado e me largaram.

- Tudo bem, vamos falar com os outros. – Maya disse por fim

Guardei rapidamente tudo o que faltava e me olhei uma última vez no espelho. Usava um vestido longo e digamos, normal, em comparação as roupas de Chidiyon. Eu sabia que estávamos indo ao mundo dos humanos e eu não podia chegar vestida como a princesa a qual eu estava acostumada. Passei a mão no tecido escuro e acinzentado, arrumando as mangas e em seguida calcei a sandália baixa e fechada. Eu estava pronta! Peguei a mochila sobre a cama e andei em direção ao meu criado mudo, onde vi Chidy em sua forma petrificada. Assim que me aproximei, ela estremeceu, uma camada fina de brilho tornou-se visível e em seu lugar surgiu outra pulseira. Dessa vez um pouco diferente. A coloquei em meu braço, ao lado dos presentes de Ben e de Primavera. Maya e Valerie já me esperavam na porta e não hesitei em sair.

O Mistério de Allíshya - Perdida | Livro 03Leia esta história GRATUITAMENTE!