Capítulo 20

1.5K 154 6

O desejo toma conta do quarto, eu o quero completamente e sei que ele também me quer.

Tiro sua camisa e a minha tem o mesmo destino ,logo jogo meu sutiã de lado e volto a o beijar ,seus beijos descem até meu pescoço e logo depois para os seios. Nunca estive tão excitada na vida.

Ele beija meus peitos e nos vira ficando por cima de mim, o sinto completamente duro enquanto ele beija meus seios,não consigo e nem quero evitar de gemer de prazer. Ele tira minha calça e minha calcinha e logo ele também está nú me olhando com uma cara muito sexy, me levanto e o beijo,mas ele interrompe o beijo e fala.

–– Eu amo você.

Gelo, ele disse a verdade ,tenho certeza disso. Mas e quanto a mim? Meu coração acelera quando a resposta pura e verdadeira dos meus lábios.

–– Eu também te amo .

Então ele me penetra,dói consideravelmente no começo, mas o prazer de o ter dentro de mim é maior,gemo e sinto nossa ligação mais forte que nunca como uma ponte que nos liga, enquanto ele se movimenta dentro de mim ele morde meu pescoço, não sito dor mais e sim apenas prazer na forma mais crua. O mordo também ,e quando paro sinto sua explosão dentro de mim ,e dou um gemido alto.

Nossa ligação permanece forte, como se fossemos um.

Somos quase um meu bem.

Sua voz ecoa na minha mente e eu sorrio, Ian deita do meu lado e eu adormeço.

...

Assim que acordo não consigo evitar e transo novamente com Ian não me julgue, se vocês sabessem o tanto que ele é bom de cama... Depois ele fala que tem que ir resolver uns negócios e diz que não demorará. Vou até seu banheiro e tomo um banho.
Sua mordia cicatrizou ,o que foi uma grande surpresa ,já que Jade me disse que ferimentos de alfas demoram mais para cicatrizar. Deve haver com nossa ligação.

Sinto raiva e me assusto com isso,como assim eu senti raiva sem um motivo? Também sinto uma dor fantasma na mão.
Dou um salto para trás e fico me encarando pelo espelho.

Mas que poha é essa?

Desculpe paixão.

A voz de Ian ecoa pela minha mente.

–– Agora sim enlouqueci de vez...

Na verdade não.

–– Poha que merda é essa?

Depois eu te explico,estou ocupado agora.

E assim sinto como se uma linha estivesse se partido,com certeza isso tem haver com a ligação.

Visto um shorts e um blusa azul ,calço minha sapatilha azul e decido achar a cozinha,vou até a sala e sigo em direção de um cheiro que fez meu estômago roncar.
Logo estou na cozinha ,vejo Rose , Miranda e mais duas mulheres e um cara cozinhando algo.

–– Ola?–– Falo assim que chego já que aparentemente eles não sentiram minha chegada, Rose dar um salto e se vira para me olhar. Ela sabe assim como todos que agora minha ligação com Ian está completa.

–– Em que posso te ajudar luna?–– Ela pergunta prestativa com a bochecha corada.

–– Eu vim atrás de uma fruta ,se não for muito incômodo.

Lua Cheia Leia esta história GRATUITAMENTE!