Capítulo 19

1.5K 162 11

–– Avise seu pai que vai ficar na minha alcatéia comigo amanhã por causa da chegada dos alfas. Beleza?

Concordo, o beijo e saio do carro seguindo até minha casa,quando chego tomo um banho e me jogo na cama.

Ligo para Jade, converso com ela um pouco,assisto série e fico pensando em Ian .

O tempo passa e logo(não tão logo como eu queria ) já é dia ,convencer meu pai a me deixar ir passar alguns dias com Ian foi uma coisa extremamente difícil ,mas por fim ele concordou.

Peguei minha bolsa assim que Joe chegou e entrei dentro do carro.

–– Bom dia Joe.

–– Bom dia Megzinha.

–– Sério? Megzinha? –– Reviro os olhos e sorrio ligando o som do carro.

–– Ela se sente a dona do mundo né? Quem te deu permissão para ligar o som?–– Joe fez uma cara séria ,mas percebo que ele está brincando.

–– Eu mesma, você acertou! –– Me inclino até seu ouvido e sussurro desnecessáriamente –– Sou mesmo a dona do mundo.

Ele sorri e ficamos um tempo em silêncio até que começa a tocar ' I got you - Bebe Rexha' e começo a cantar, logo Joe canta também e o resultado é cômico. Duas pessoas que não sabem cantar,ainda mais Joe com sua voz grave.

–– Ian está de bom humor.–– Ele fala.

— Porque tomamos açaí? Acho que ele deve ir mais na sorveteria então.

–– Ele está feliz por ter saido com você... Você sabe realmente o que são companheiros?–– Ele pergunta e eu nego com a cabeça já que ninguém nunca me explicou devidamente o que isso quer dizer –– Que vocês são duas almas que se completam ,se um morre o outro fica desolado... Não importa aonde vocês estiverem ,a ligação permanecerá .... É algo muito mágico e espécial para os lobos e lobisomens.

–– Você já achou sua companheira?

Ele nega com a cabeça e seguimos o caminho em silêncio.

Logo estamos na alcatéia, vou direto para o casarão,Joe fala que vai procurar alguém e sai,assim que entro topo de cara com uma mulher de quase 40 anos ou mais ,ela olha e me avalia. Sei que ela é uma lobisomem.

–– Finalmente você chegou! Estava atrasada! Você é a ajudante que Brandon enviou certo? Suas botas estão sujando o chão! E tem uma pilha de louça suja te esperando!

Eu ia responder que ela estava enganada quando vejo Ian se aproximar sério.

–– Rose, você acabou de mandar minha companheira lavar louça.

Ian me abraça e Rose cora e arregala os olhos de uma maneira engraçada. Será que ela não me viu no dia que lutei com Queila? Impossível!

–– Me desculpa! Eu... Eu não sabia,se me dão licença!

Rapidamente ela some, olho para Ian e pergunto.

–– Ela não me viu no dia que lutei com Queila não?

–– Ela não estava aqui no dia,só ouviu falar.

Eu ia responder algo ,ia porém Ian não me deixou esse oportunidade e me beijou e claro que eu retribui. A porta foi aberta e senti a presença de Joe e...

–– Os quartos ficam lá em cima casal–– Joe fala.

–– Miranda?–– Pergunto.

–– A cozinha fica pra lá, Rose deve está lá –– Joe aponta e Miranda segue em silêncio até lá, então foi ela que Brandon mandou...

–– Está tudo certo? Os lugares para os lobos ficarem e tudo mais?–– Ian pergunta dando as mãos comigo,sinto a eletricidade com o contato.

–– Tudo OK chefe ! Vou dar uma olhadinha nos lobos que estão responsáveis pela segurança... Ah ,e afinal dois lobisomens estão brigando desde ontem por causa de participar da segurança da Megan.

–– Coloque os dois na mesma.

–– Segurança da Megan? –– Pergunto no mesmo tempo que Ian fala.

–– Não vou te deixar sem proteção. ––Ian me explica e depois se vira para Joe –– Se algo sair do controle me avise ,agora pode se retirar.

–– Sim alfa.–– Joe fala e sai ,Ian me leva até seu quarto. Coloco minha mochila em cima da cadeira enquanto Ian me trás três caixas.

–– O que é isso?— Não evito minha curiosidade, ele coloca as caixas na cama .

–– É costume que a luna use algo que o alfa lhe deu quando ela é apresentada para os outros alfas. Esse é o seu presente.

–– Isso também se aplica a luna? Quer dizer, eu devia ter te dado algo? Por que eu estou completamente perdida neste assunto.— Digo me aproximando, Ian sorri e diz.

–– Não, você não poderia me dar nada ,seria falta de respeito.

–– Por que?–– Pergunto com indignação.

–– É meio que orgulho, os alfas não devem ganhar nada ,mas devem embelezar bem as lunas.

–– E por que?— Pergunto ainda perdida.

–– É uma forma de dizer publicamente o quanto você ama sua companheira.

Me arrepio quanto ele termina de falar ,ele estende sua mão e me aproximo.

–– Pode abrir.— Abro a caixa maior e retiro o embrulho, dentro dela luxo o leve tecido. É um vestido branco e azul, a parte do busto é branca com pedrinhas brancas que vai fazendo um degradê para o azul,as pedras vem até a cintura ,sua saia cai leve e solta com algumas camadas sendo ela em cortes. Suas costas são decotadas e na frente já não é tanto. Ele é definitivamente perfeito.
Na caixa do meio tem uma sandália prata sem salto também incrível, já na caixa menor tem um colar, brincos, e uma tiara todos enfeitados com pedras azuis e brancas, uma pulseira prata com pingentes de lua também está lá, não o toco já que é prata.

–– Pode tocar ,não irá te ferir .–– Ian fala e eu de fato encosto nas jóias e de fato elas não me queimam.

–– Mas como...

–– Nem pergunte, é um logo processo difícil de explicar.

–– É tudo tão lindo –– Digo me virando com um sorriso no rosto, Ian também sorri.

–– Fico feliz que você tenha gostado.

–– Muito obrigado, mesmo que eu ache que não devia ter gasto tanto. –– Digo guardando tudo com muito cuidado em cima da mesa.

Vou até Ian e passo meus braços em volta do seu pescoço ,ele respira fundo e começa a falar.

–– Tem mais uma coisa ,tenho que te apresentar como minha... Para isso acontecer é necessário um relação sexual... Mas não te forçarei a nada ,só peço que você deixe que eu morda seu pescoço novamente e que você morda o meu.

Respiro fundo e olho para os olhos ,agora verdes, de Ian.

–– Se é para fazer isso.–– O empurro para cama.–– Então vamos fazer direito.

E pela primeira vez agradeço, agradeço por Brandon não ter tirado a minha virgindade, ele estava completamente certo, aquilo não estava certo ,mas isso está completamente certo.

Subo em cima de Ian e o beijo com mais desejo que nunca.

–– Você tem certeza?

–– Acho que nunca tive tanta certeza de algo na vida como tenho agora.

Lua Cheia Leia esta história GRATUITAMENTE!