So lucky to have you

15 1 0

Já faz mais de um ano desde que o vi pela primeira vez. Naquele momento eu não sabia que ele seria quem iria me salvar e, muito menos, seria o meu primeiro amor.
                        
                               ***
 
Eu estava passando por um dos momentos mais difíceis da minha vida: estava morando longe dos meus pais por causa dos estudos, fui completamente abandonada pelas pessoas que eu considerava meus amigos e fui diagnosticada com depressão. Eu chorava todos os dias quando voltava da faculdade e sentia uma solidão que acabava com minhas energias. Eu estava emagrecendo sem controle porque simplesmente não  conseguia comer nada.
Então chegou um dia em que eu simplesmente não tinha condições de ir para faculdade. Levantei da cama com dificuldade e parei em frente ao espelho. Era a primeira vez que me via minha imagem no espelho depois de meses. Aquela não era a aparência que eu queria ter. Resolvi me arrumar naquele dia: passei maquiagem, vesti uma roupa colorida e coloquei uma tiara. Peguei minha bolsa e saí para comer algo depois de três dias. Meu corpo pedia por comida. De certa forma, me sentia um pouco melhor do que nos outros dias.
Depois de uma pequena caminhada, vi uma cafeteria nova no bairro. Decidi entrar. Abri a porta e meus olhos se  encontraram com os de outra pessoa. Fiquei alguns segundos parada olhando para o homem que estava atrás do balcão. Senti meu rosto ficar um pouco vermelho. Sem desviar o olhar de mim, ele disse:
- Seja bem-vinda.
Sorri para ele e senti meu rosto ficar mais vermelho. A voz dele era linda. Desviei o olhar, envergonhada, e fui sentar perto da janela. Ele saiu de trás do balcão e foi até onde eu estava para levar o cardápio. Ele parecia brilhar enquando caminhava na minha direção. Ele era realmente bonito. Mesmo estando vestindo roupas comuns, ele parecia tão diferente.
Ele parou na minha frente e nossos olhos se encontraram novamente. Ele ficou alguns segundos parado me olhando antes de entregar o cardápio. Eu quis ouvir a voz dele mais uma vez.

- Eu quero comer algo doce, o que você recomenda? - falei sem parar de encará-lo.
- Algo doce? Então Então você deve experimentar o nosso cheesecake de frutas vermelhas.
- Então vou querer o cheesecake e um chá de maça.
- Certo. Qual o seu nome?- ele perguntou ao anotar o meu pedido em um papel.
 - Seoyun.
- Em 10 minutos eu trago seu pedido.
- Ok.

Eu nunca havia sentido nada parecido. Meu coração batia muito rápido, mas era diferente de quando eu tinha uma crise depressiva, eu não sentia vontade de chorar e gritar, eu me sentia mais leve. Ele trouxe meu pedido e agradeci com uma voz trêmula, estava estranhamente nervosa.
Comi o primeiro pedaço do cheesecake e terminei de comer rapidamente, nos dias que fiquei sem comer eu não percebi que estava com fome, mas ao comer eu percebi que estava realmente precisando de comida. Decidi levar um bolo para comer em casa. Saí da cafeteria me sentindo um pouco melhor do que antes. Dei alguns passos lentamente mas parei ao ouvir a voz do homem da cafeteria dizer meu nome:
-Seoyun! - ele veio caminhando rapidamente até mim - você esqueceu seu celular na mesa.
 - Oh! - falei surpresa - Muito obrigada... - continuei olhando para ele - posso perguntar seu nome? - falei sem pensar direito antes.
- Kyungsoo.
- Muito obrigada, Kyungsoo.
Ele sorriu de forma tão encantadora que meu coração bateu rápido.
- Volte aqui mais vezes - ele falou ainda sorrindo.
 - Sim, vou voltar.
                        
                              ***

De noite, eu sonhei com o Kyungsoo. Sonhei que ia outra vez à cafeteria e ele me recebia com um caloroso sorriso, levava o cheesecake até minha mesa e sentava para conversar comigo. Fazia tempo que tinha uma boa noite de sono.
No dia seguinte, acordei mais disposta. Comi uma grande fatia do bolo que comprei. Apesar de estar me sentindo um pouco melhor, não senti vontade de ir para a faculdade. Eu sabia que não podia faltar mais uma aula, já estava no limite de faltas. Também estava enjoada da comida da faculdade, talvez eu deveria comprar meu almoço na cafeteria?
Prendi meu cabelo, coloquei um vestido verde, já que meus pais diziam que eu ficava bem com aquela cor e passei maquiagem de novo, mas dessa vez usei um batom com a cor mais forte.
Saíde casa e cheguei logo na cafeteria. Kyungsoo deu um leve sorriso ao me ver.

So lucky to have youLeia esta história GRATUITAMENTE!