Eu sou sua

3.9K 298 14
                                    

POV Camila

Começo beijando o pescoço de Lauren. Me levanto e vou trancar a porta.

-A partir de agora, você só sai desse quarto depois de me saciar, Jauregui- falo autoritária e me sento no colo dela.

-Eu nem pensaria em sair antes disso... - beijo seu pescoço e traço linhas imaginárias do seu pescoço até a barra da sua boxer.

-Eu ja disse que amo sua barriga? Como ela é branquinha e fácil de marcar... Como eu amo os gominhos dela e como você fica sexy sem camisa?- pergunto passando minhas unhas na sua barriga e vejo leves linhas vermelhas aparecerem.

-Acho que sim... Mas pode falar quantas vezes quiser...- ela diz e aperta minha cintura.

Fico beijando seu pescoço e rebolo no seu colo sentindo seu membro rígido. Ela abocanha meu seio esquedo e começa a chupa-lo enquanto massageio o direito.

-Você é tão gostosa... - fala apertando e massageando meu seio.

-Hum... Lo... Me fode... Sente como eu to molhada- tiro sua mão da minha cintura e coloco dentro da minha calcinha.

-Porra... Você ta tão molhada...- ela fala e começa a massagear meu nervo e me deita na cama.

Pov Lauren

Deito ela na cama e tiro sua calcinha. Ela abre suas pernas e eu me coloco no meio delas.

-Você fica tão sexy assim...- falo e faço um vai e vem lento simulando uma penetração.

-Lo... Me fode logo...- ela fala colocando sua mão dentro da minha boxer e apertando meu pau levemente.

-Hum... Sua mão é tão macia- falo com os olhos fechados.

-Eu tenho outras partes bem macias também... Como a minha boca... Que ama ter você todinha dentro dela... Ou a minha boceta que ta quase implorando pra vc meter esse seu pau gostoso nela...- ela fala e eu gemo alto.

-Eu amo quando você fica safada assim- tiro minha boxer e passo minha glande nas suas dobras e gemo ao sentir seu calor.

Vou penetrando ela devagar, até que ela me empurra na cama e senta no meu colo colocando todo meu membro dentro de si.

-Hum.. Você demora demais... E eu queria logo sentar e quicar bem gostoso no seu pau- fala e vejo que seus olhos estão escuros.

-Ohh... Então quica no meu pau...- falo e ela começa um sobe e desce lento e fundo.

- Hum... Que gostoso... Porra... Isso!- grita quando eu dou um empulso pra cima no momento em que ela estava descendo.

Faço esse movimento de novo e começo um ritmo contínuo. Ela geme e rebola no meu colo enquanto eu aperto sua cintura e chupo seio direito.

-Você é só minha... Minha ômega- falo segurando seu quadril e metendo fundo.

-Sim! Só sua...- ela rebola no meu colo e eu gemo alto.

-Você é uma ômega como uma boceta bem gulosa... Olha como ela engole o meu pau- falo massageando seu nervo.

-Isso!... Porra... Assim- geme alto e goza no meu pau e logo depois eu solto dois jatos dentro dela.

-Hum... Eu amo sentir você gozar dentro de mim- diz e morde meu lábio.

-Eu também amo gozar dentro de você, mas precisamos ter cuidado. Você precisa está sempre tomando a pílula- falo fazendo carinho no cabelo dela.

-Ihhh... Lo... Eu... Por favor, me desculpa Eu... Eu acho que esqueci de tomar essa semana- fala e fecha os olhos, com certeza esperando que eu fosse gritar com ela.

-Ei, ta tudo bem. Eu vou lá na farmácia e compro rapidinho, ai eu aproveito e compro mais camisinhas por que só sobraram três e elas não vão ser suficiente pro seu cio- falo calma e seguri seu rosto entre minhas mãos.

-Você... Você não ta brava? Nem irritada?

-Claro que não, Camz. Isso acontece, principalmente, por causa da semana que a gente teve.

- Você é tão perfeita... Ás vezes parece que você é um sonho- fala sorrindo e eu pego suas mãos.

-Ta me sentindo? Ta sentindo meu rosto?- pergunto colocando suas mãos no meu rosto.

-Claro que tô, Lo.

-Então, isso tudo é real- falo sorrindo e beijo ela.

-Então, pausa pro lanche e pra ir na farmácia. Você vem comigo?- pergunto e ela confirma.

Tomamos um banho rápido, trocamos de roupa e vamos para a farmácia, chegando lá tinha um cara que não parava de olhar para a bunda de Camila.

-Lo... Calma... Olha pra mim. Fica calma, eu sou sua, apenas sua- ela fala e me beija.

-Você me concede a honra de te morder aqui e agora?- pergunto baixo no ouvido dela.

-Aqui? Ahh por mim tudo bem, eu ja sou sua namorada mesmo, só vai oficializar de vez.

-Então, com a sua licença, Senhorita Cabello- falo e tiro seu cabelos de seu ombro, distribuo alguns beijos naquela região e cravo meus dentes no seu pescoço, ela abafa o grito que sairia de sua garganta e eu solto seu pescoço admirando a mordida profunda e bem marcada que deixei.

-Você está bem? Doeu muito? - pergunto dando alguns beijos no local.

-Doeu sim, mas ja vai passar. E agora... Eu sou apenas sua... Sua ômega- ela fala sorrindo.

Peço as pílulas dela, algumas camisinhas para o seu cio e material para limpar a mordida. Pago tudo e voltamos pra casa, eu limpo o local da mordida e deposito um beijo carinhoso em cima do curativo.

My Big Bad WolfOnde as histórias ganham vida. Descobre agora