let's talk about you and me

252 46 20

- Eu não aguento mais ficar longe de você - Luke disse agarrando Mike e o beijando.

O loiro empressou o mais baixo na porta atrás de si, suas mãos percorriam por todo o corpo um do outro, querendo nunca mais ficar longe, queriam tirar o atraso de anos longe um do outro.

Suas blusas já não estavam mais em seus corpos, agora se encontravam em algum local pela sala de Michael, enquanto os dois caminhavam ainda se beijando para o quarto do menino.

- Eu preciso de você, Deus, eu preciso muito de você - Mike disse entre o beijo,  rindo de nervoso.

- Eu sou seu baby, todo seu - Luke sorriu deitando, sendo guiado pelo mais velho.

Ambos esperaram que aquilo acontecesse por anos, não que não tivessem ficado com outras pessoas, óbvio que tinham, mas era aquilo que eles sempre sonharam, estar nos braços um do outro.

Michael desceu seus beijos por toda a extensão do torso de Luke, o álcool corria pelas veias de ambos, mas com certeza eles não poderiam estar mais sóbrios.

O cacheado arfou ao sentir as mãos de Clifford no fecho de sua calça, que em pouco tempo já estava fora de seu corpo, o loiro se ajoelhou no chão a frente do menino e abraçou seu corpo levemente musculoso, beijando suas coxas nuas. Luke apoiou seu corpo em seus cotevelos no colchão para observar Michael mais privilegiadamente, sentindo o menino passar a mão pelas suas costas e pegar no cós de sua cueca, a abaixando lentamente, passando as mãos prazerosamente por sua bunda, como se sentisse prazer em cada segundo que torturava Luke, como se quisesse que o menino implorasse pelo seu toque.

- Vamos logo com isso - Luke esbravejou, já não aguentando mais a tortura de Michael sobre ele.

O mais velho riu se livrando de vez da única peça de roupa que havia no corpo do menino a sua frente, ambos já estavam em um grau de excitação ao qual exigia toque e atenção, e Michael queria tanto dar o toque e a atenção que Luke merecia.

Luke sentia a boca quente de Mike em torno de si enquanto soltava gemidos baixos e descompassados, nada passava pela cabeça do loiro além de como Michael era perfeito. Ele se apoiou em seus cotovelos e observou aquela cena maravilhosa de Michael o olhando enquanto brincava com si.

O mais alto sentou e puxou o menino para cima, o beijando desesperadamente, se eles continuassem como estavam Luke iria gozar em não muito tempo, e ele não queria isso. Ele desabotoou a calça de Michael e a puxou para baixo, junto com sua cueca, o loiro terminou de se livrar do restante de roupas que havia em seu corpo e se esticou em seu criado mudo, pegando o pacote metalizado na gaveta.

Michael pôs a camisinha, sentindo o látex em contato com sua pele, e Luke sorriu, se ajeitando na cama sem tirar seus olhos do verde em sua frente.

Michael se ajeitou entre as pernas do cacheado e o beijou, lentamente o penetrando, eles estavam ali, finalmente, fazendo amor, ambos mal podiam acreditar.

O contato de suas peles, a sensação no fundo de seus ventres, a velocidade alternada, o suor, a respiração descompassada, o coração acelerado, o movimento, eles estavam no ritmo perfeito para ambos.

Ambos gemiam em sincronização, era como se estivessem procurando o paraíso, e ele havia chegado alguns minutos depois.

- Não se mexe - Michael disse olhando Luke depois de terem tido os orgasmos mais intensos de suas vidas, - você está perfeito assim - o cacheado sorriu ainda de olhos fechados e o loiro deitou por cima de seu namorado.

Eles estavam realmente ali, era realmente verdade, e nossa, como a verdade era linda.

- Eu te amo, Mike - Luke sussurrou.

O mais velho se ajeitou ao lado dele e o puxou para seu peito.

- Eu também te amo, Luke - disse baixo, e então ambos encontraram seu ponto de paz.

Perfect | MukeLeia esta história GRATUITAMENTE!