For every story tagged #WattPride this month, Wattpad will donate $1 to the ILGA
Pen Your Pride

Ouçam com a música ao lado e espero q gostem do miminho q fiz para vocês :3

--

   O meu passo era apressado. Eu ia irritada. Detesto discussões com o Adam e muito mais quando ele se mete na minha vida! Ele não tem nada a ver com quem eu ando ou deixo de andar! N-A-D-A! Ando completamente sem paciência para tudo isto. Porque é que eles não me deixam simplesmente viver? Agora que ando bem... Será mesmo que andas bem? Chutou o meu subconsciente. Ou isto é tudo um refúgio para não pensares no que realmente te faz feliz? O Aiden, o tabaco, o responderes mal aos teus amigos, as saídas... Não será tudo isso uma maneira de ocupares a mente para não pensares no Justin?! 

   Abanei a cabeça numa tentativa de afastar todas estas patetices e retirei do meu bolso o meu novo amigo. Após ter acendido o cigarro levei-o à boca, deixando o fumo preencher cada centímetro da minha boca. Passado algum tempo voltei a expulsá-lo. Foi então que choquei com alguém cujo perfume me era conhecido. Olhei para cima e encontrei uns olhos esverdeados e acastanhados a olhar para mim. Os seus cabelos castanhos estavam apanhados num rabo de cavalo no topo da cabeça e eu então perguntei:

   - Tu aqui?

   - Quem és tu mesmo? - ela perguntou.

   - Não te lembras de mim? - perguntei.

   - Ahh, sim, és a rapariga com quem o meu irmão agora tem uma "relação". - ela disse fazendo o gesto de aspas com as mãos.

   - Eu e o teu irmão somos amigos. - eu disse.

   - Sim, sei. Vá, vou para as aulas. Vemo-nos por aí...

   - Leah. - eu disse.

   - Ok Leah, vemo-nos por aí e já agora, sou a...

   - Sia. Eu sei, o teu irmão disse-me o teu nome.

   - Ok, adeus Leah. - ela disse e sorriu.

   Sorri de volta e então vi o Aiden caminhar na minha direção com a pasta castanha na mão. Sorri discretamente de lado e ele retribuiu. Acabei de fumar o cigarro e então deitei-o para o chão, apagando-o em seguida. Chegou-se a mim e perguntou:

   - Então, já falas-te com a minha irmã foi?

   - Sim. Ela até parece ser simpática.

   - É. Acho que vocês até se vão dar bem. - disse ele.

   - Quem sabe. - eu disse e começei a afastar-me.

   - Onde vais? - ele perguntou fazendo beicinho.

   - Eu tenho aulas senhor professor. - disse piscando-lhe o olho.

   Ele mordeu o lábio e então recompôs-se e andou até à escola atrás de mim. Assim que eu entrei tocou. Vi o Justin, a Jess, o Kyle e o Adam a entrar para a sala. Segui-os e então entrei, dirigindo-me até à última fila da sala. Retirei os meus fones e o meu iPhone para poder ouvir música. A stora começou a pronunciar-se e eu simplesmente nem liguei. Coloquei uma medley do SoMo, "The Weeknd - The Trilogy" e pousei a minha cabeça em cima do tampo da mesa. Fechei os meus olhos levemente e deixei-me levar pela calma da música. Adorava a voz do SoMo, isso era um facto. A maneira como ele cantava, era qualquer coisa do outro mundo!

   Foi então que alguém interrompeu o meu momento chamando-me. Levantei a cabeça e retirei um fone. Vi então que a turma estava toda a fixar-me com os seus olhos. Reparei que a stora estava de braços cruzados a olhar para mim e a bater o pé.

   - Menina Leah, quantas vezes é que vou ter de a mandar para o gabinete do senhor Sweet para a menina entender que o telemóvel é um objeto proibído na sala de aula?

LITTLE REBEL || 2Leia esta história GRATUITAMENTE!