A Briga

9.3K 655 136
                                    

Obs:

Os olhos de um alfa ou ômega que não tem coração puro, possuem uma coloração alaranjada nas bordas

Os personagens que se transformam em lobo sempre tem uma muda de roupa na mochila ou no armário.

Pov Camila

《Dois dias depois》

Estava na aula da Literatura, a Lauren e o Austin estavam lá, dava pra ver o olhar deles queimar um ao outro, parecia que a qualquer momentos eles iam se matar no meio da sala. Depois de meio hora a aula finalmente acabou, eu fui perguntar algo a professora e quando acabei percebi que estava sozinha na sala, fui até a minha mesa pegar meu lanche sinto alguém me agarrando por trás.

-Oi milinha, então você ta dando pra idiota da Jauregui? Eu vou te mostrar o que é um alfa de verdade- ele me encosta na parede e segura meus pulsos, ele tenta me beijar e eu mordo o lábio dele.

-Ai... sua vadia, você me mordeu... agora eu vou acabar com você- diz e me dá um tapa me fazendo sentir meu rosto arder, ele aperta meus pulsos com força e começa a beijar meu pescoço.

-Me solta, Austin... Socorro!!- grito e ele me dá outro tapa.

De repente a porta é aberta com força e eu vejo a Lauren entrando na sala com os olhos vermelhos, ela se transforma em um lobo grande e de pelos negros e arranca o Austin de cima de mim, ele também ser transforma em um lobo, mas com pelos marrons e olhos vermelhos, mas com as bordas alaranjadas. Eles começam a lutar e Lauren joga ele contra a parede e se coloca na minha frente, ela se vira pra mim e olha para os meus pulsos machucados e abaixa a cabeça, olho para atrás dela e vejo o Austin se aproximar com raiva.

-Cuidado! Atrás de você!- ela se vira rápido e acerta uma patada no rosto dele, fazendo ele voar longe e cair desacordado. Ela se transforma de volta, se veste e segura meus pulsos com delicadeza.

-Me desculpa ter te deixado sozinha, a Dinah me chamou pra me convidar pra festa que ela vai dar na sexta-feira e depois eu ouvi o seu grito... algo em mim me faz querer te proteger... eu... eu sei que é cedo pra isso, mas... eu quero uma chance com você... quero ser a sua alfa...- ela diz olhando nos meus olhos.

-Lauren... eu... eu não sei o que dizer... eu também acho muito cedo pra isso... mas... nós podemos tentar...- digo e sorrio pra ela.

- Então... vamos na enfermaria, precisamos cuidar dos seus pulsos, eles estão muito vermelhos e o seu rosto também- fala tocando meu rosto suavemente.

-Tudo bem... vamos... mas, e ele?- aponto para Austin que esta começando a acordar.

-Deixa ele aí, daqui a pouco o bando dele aparece.- ela me leva pra enfermaria e a enfermeira passa um pomada nos meus pulsos.

-Pronto, mocinha. Logo logo seus pulsos vão ficar melhores.- disse e me entrega a pomada, eu agradeço a ela e saio da enfermaria com a Lauren.

Voltamos pra sala e vemos os amigos do Austin carregando ele pra fora da sala, ele estava com uma marca de garras no rosto, não parecia muito profundo, mas ia deixar uma bela cicatriz.

-Lauren... você não acha melhor a gente ir na sala do diretor pra explicar o que aconteceu?

-Verdade, vamos lá- fomos pra sala do diretor e explicamos tudo o que aconteceu, e ele disse que irá dar um suspensão ao Austin por tentativa de abuso e uma advertência pra Lauren por brigar no colégio. Depois disso fomos pra aula e ele se sentou do meu lado, assistimos a aula tranquilamente.

-Camila, eu posso te acompanhar até em casa? Preciso me certificar que você vai ficar bem...- fala fazendo carinho na minha mão.

-Tudo bem, Laur... gosto da sua companhia- sorrio pra ela, a aula termina e saimos da sala. Quando estamos chegando no seu carro o Austin aparece com um curativo no rosto.

-Jauregui! Você acha que vai ser fácil assim? Roubo minha garota, desforma meu rosto e acha que vai sair livre daqui?- fala furioso.

-Olha Austin, primeiro que ela não é sua garota, segundo, sua cara ja era deformada, eu só te dei um toque de virilidade, assim, quando você tiver namorada pode dizer que ganhou isso em uma brigua com um alfa que você derrotou- pisca pra ele e entra no carro. Ela dá a partida e segue em direção a minha casa.

-Obrigado por me proteger, Laur- falo e dou um beijo no seu rosto, ela fica vermelha.

- De nada, eu sempre vou te proteger- sorri pra mim, desce do carro e abre a porta pra mim, abraço ela.

-Você vem me buscar amanhã?- ela diz que sim. - Então... até amanhã, Laur- sorrio, dou um selinho nela e entro em casa.

Pov Lauren

Ela me beijou... meu deus... acho que vou explodir de tanta felicidade... agora, nesse exato momento eu to olhando pra porta que nem uma idiota sorrindo. Depois de alguns segundos eu entro  no meu carro e vou pra casa, chegando lá eu vou direto pro meu quarto e deito na cama. 

-É... acho que encontrei minha ómega...

My Big Bad WolfOnde as histórias ganham vida. Descobre agora