Capítulo 2 - Marshmallows

171 21 36


Jennifer e Allec namoravam no banco da praça

Oops! This image does not follow our content guidelines. To continue publishing, please remove it or upload a different image.

Jennifer e Allec namoravam no banco da praça. Eram aproximadamente 11h00 e o movimento de pessoas havia aumentado. Para o jovem casal o mundo havia parado e apenas apreciavam as carícias um do outro. Em um instante Allec sentira alguém passar muito próximo a eles, que o fizera arrepiar seus pelos com um calafrio na espinha e interrompera o beijo quente de Jenny. Seja lá quem fosse, desaparecera na multidão em questões de segundos.

— O que foi Al, está tudo bem?

— Está! Não foi nada... — olhou ao redor e se levantou. — Vamos voltar para o hotel Jenny... Está quase na hora do almoço.

— Está bem.

John e Acira dominavam o pequeno sofá com a TV ligada, porém nenhum dos dois demonstrava interesse pelo conteúdo que passava.

Acira encontrava-se entre as pernas de John que cochilava, enquanto ela mexia nas unhas e roía algumas. Em seguida ela pegou a mão dele que se apoiava no joelho e a analisou.

— Está precisando cortá-las John...

— Sou um lobo, os lobos tem garras... — disse sonolento sem abrir os olhos.

— Não em forma humana, deixe-me cortá-las... — começou a beliscar a unha do indicador dele com os dentes e em seguida o enfiou em sua boca, tentando provocá-lo.

— É melhor parar Acira... — disse abrindo os olhos.

— Cansou foi? — Acira tirara o dedo de sua boca e sorriu. — Eu ganhei então!

— Não é isso, os garotos estão chegando... E você ganhou a batalha desta vez, mas não a guerra hehe.

— Conversa fiada! — disse deitando-se no tórax dele e apertando sua bochecha.

Os dois se assustaram com a batida na porta.

— John, Acira? — Allec perguntou batendo na porta.

— Já vai!

Acira gritou indo em direção à porta, enquanto John vestia a camisa. Após abrir afirmou. — Olá meus queridos!

— Viemos buscá-los para o almoço... — disse Jenny sorrindo.

— Iremos comer aqui no hotel mesmo? — perguntou Allec ainda na porta do quarto.

— Eu não sei... O que acha amor? — Acira perguntou a John que se aproximava deles depois de pegar a carteira.

— Vocês decidem, em minha opinião tanto faz... — respondeu John enquanto trancava o quarto.

— Legal! — Acira o abraçou em resposta e continuou. — Eu e Jenny vimos uma churrascaria num quarteirão próximo!

— Sim, o lugar parece ser agradável. — Jennifer confirmou.

BloodLycan - A Saga dos irmãos Mool - Parte 2Leia esta história GRATUITAMENTE!