⚠ Thirty-Seven ⚠

22.8K 2.2K 1.1K

Boa Leitura!

“As consequências de nossos atos são sempre tão complexas, tão diversas, que predizer o futuro é uma tarefa realmente difícil.”


Taehyung P.O.V's


  
     No ato do prazer, ninguém é esperto o bastante para pensar em consequências. A culpa de tudo caiu sobre meus ombros, mas eles tinham razão, eu fui o irresponsável. Yoongi estava no cio, seu corpo afetado pelo calor, mente movida ao desejo, e a única vez que não usamos preservativo, acabou gerando a dor de cabeça. Na primeira semana já percebia os reflexos de seu humor, estava mais doce que o normal, e hora mais carente que o normal, mesmo com o fim do período de heat, meu pequeno continuava com oscilações de humor.

     E foi em uma ligação que fiz para minha mãe, que ela mencionou o possível motivo para aquilo tudo, e feliz demais para alguém que deveria estar se preocupando. Meu maior medo era a reação de Jungkook, pelo tempo em que fomos melhores amigos, antes de nos afastar por conta do incidente, sabia o quão ciumento ele era com seu pequeno irmão. Mas confesso, marcar Yoongi foi a melhor coisa que fiz, sempre o olhei com a melhor das intensões, e as mais sacanas também, mas sempre o respeitei por conta de meu amigo, até o dia em que ficamos sozinhos, e ele entrou em heat.

     Tentei criar coragem para mencionar as suspeitas a minha sogra, apenas eu sabia do que se tratava, pois nem mesmo meu ômega tinha certa desconfiança. Sabia que Jihyo também seria dura na conversa, e meu pequeno seria obrigado a ouvir a bronca, só queria protegê-lo, pois assim que descobrir o que já desconfio, ou até mesmo senti, ele irá se abalar. Se for de verdade o nosso bebê, ficarei feliz ao extremo, mas terei de confortar meu garoto, pelo simples fato, dará tempo de concluir o colegial, mesmo recebendo críticas, mas terá de dizer adeus aos seus sonhos, pelo menos por um período.

     Achei que teria mais tempo para planejar a notícia, mas não tive como raciocinar, ao encontrá-lo desmaiado no chão do banheiro. Ainda de pijamas, durante a madrugada, corri para o hospital, e liguei para minha sogra nos encontrar. A mais velha não desconfiou de início, fizeram todos os exames, mesmo ele dizendo que se sentia bem, apenas um pouco tonto. Foi então que o obstetra entrou na sala, e bastou apenas colocar um pequeno aparelho sobre o abdômen de Yoongi, que souberam o que estava acontecendo.

     A primeira bronca foi ouvida ali, Jihyo em lágrimas, sendo aparada pelo marido, enquanto dizia o quanto estava decepcionada com seu filho. Para Yoongi, aquilo foi como uma facada, o ômega sempre deu apoio a mais velha, e o mínimo que ele esperava era um abraço, mas a mulher parecia em choque. Ficamos o resto da madrugada no hospital, em seguida os mais velhos nos acompanharam até nosso apartamento, teríamos de fazer uma mala para pouco mais de três meses, a gravidez é de risco, devido o fato de meu pequeno ter um corpo mais frágil que o normal.

     Quando chegamos a mansão, a bronca continuou, sentados no sofá da sala, percebi meu cunhado aparecer, e parar ao lado de senhor Park. Esperei por outra bronca, mas quando Jungkook soube do que se tratava, seus olhos se encheram de lágrimas e ele voltou a subir, possivelmente atrás de Jimin. Tudo se acalmou quando minha sogra foi até  cozinha, preparar um café da manhã para todos, mas meu garoto não se sentia bem. Jiminnie tentou conversar com ele, e eu tive de pedir sinceras desculpas ao meu cunhado, e quando todos saíram de casa, para um almoço que Yoongi se recusou a ir, conseguimos ficar mais tranquilos dentro do quarto.

     -Você ouviu o que ela disse? -O ômega estava encolhido sobre a cama, abraçando seus joelhos. -Eu decepcionei ela, Tae. Minha Omma está triste comigo.

Sweet Poison ⚠ Jikook ABO ⚠Leia esta história GRATUITAMENTE!