⚠ Thirty-Six ⚠

19.6K 1.9K 902

Por favor, leiam as notas finais...

Boa Leitura!

“Tudo quanto aumenta a liberdade, aumenta a responsabilidade.”

Jimin P.O.V's

     Acho que nunca dormi tão bem, depois da pequena discussão, a adrenalina circulou em minhas veias, e o desejo de ter aquele alfa pareceu ter triplicado. Ainda dentro do carro lhe dei prazer, e quando chegando ao quarto o mais velho realmente cumpriu a promessa, me deixou sem folego, sem energias e realmente sem me mover. Tive que me apoiar em seus braços para conseguir me banhar, e Jungkook me ajudou a maior parte do tempo, escorregando o sabonete líquido em meu corpo, que ainda sofria espasmos.

     Meu namorado apenas se enrolou em uma toalha, e fez o mesmo comigo, passando direto pelo quarto e indo até o meu, que estava com todos os lençóis limpos. Deixamos as toalhas sobre a poltrona, e nos deitamos ainda sem roupas, o sono estava tomando conta de cada centímetro. Não demorei a adormecer, novamente ouvindo uma melodia abandonar seus lábios, quase como um sussurrou me trazendo de volta a realidade. Seus braços em minha cintura, me traziam segurança, e me faziam lembrar do que havíamos feito minutos atrás. Sem dúvidas essa foi nossa melhor noite.

     Acordei com o barulho de carro estacionando, como o quarto estava escuro, pensei que ainda fosse de madrugada. Encarei o relógio sobre o criado mudo, constatando de que passavam de oito da manhã. Jungkook dormia como se o mundo dependesse disso. Fiquei ali, apenas admirando meu alfa, vendo seu pescoço marcado da noite anterior, os vários arranhões em suas costas, aproximei selando seus lábios, e sussurrando um bom dia, mas ele ainda permaneceu dormindo, como um anjo.

     Ouvi uma movimentação no primeiro andar, sabia que era meu pai e minha madrasta, possivelmente voltando do mercado ou qualquer outro local, por ser domingo, todos estariam de folga. Quando tudo pareceu se aquietar, ouvi Jihyo gritando, parecia bem irritada com alguém, falava sobre responsabilidade, e quere ter liberdade sem estar pronto. A mais velha parecia magoada, e por um instante achei que fosse briga com meu pai, mas o velho nunca foi de discutir relação daquela forma, e parecia calado, bom, nem mesmo sabia se estava com ela.

     -Jungkook-ssi! -Sacudi o mais velho, o chamando firmemente.

     -Me deixa dormir, Bebê! -Ele dizia de forma manhosa, e enlaçou minha cintura voltando para o lugar.

     -Amor, está acontecendo alguma coisa lá em baixo. -Tentei me soltar de seu aperto.

     -Tem gente em casa, Jimin! Volte a dormir. -O alfa nem se dava o trabalho de abrir os olhos.

     -Kookie, nossos pais estão brigando. -Falei com a voz frágil, os gritos abafados a mais velha estavam me dando medo.

     O mais velho se levantou, enrolando uma das toalhas na cintura. Fiz o mesmo o seguindo até seu quarto. Jungkook vestiu uma boxer limpa, e uma calça de moletom, parecia tenso com os gritos da mãe. Antes de sair, ele me encarou seriamente, como se pedisse para que ficasse ali. O alfa saiu pela porta, então corri até meu quarto, me vestindo com a primeira coisa que encontrei nas gavetas, uma boxer branca, uma calça jeans qualquer, e a blusa de lã vermelha, que estava dobrada e cheirava amaciante de flores. Andei sorrateiramente até o topo da escada, e vi meu namorado parado ao lado de meu pai, pareciam tranquilos.

     Minha curiosidade e medo foram tantos, que até mesmo ignorei a dor em meus quadris, pelo menos por alguns segundos. Me aproximei mais um pouco, vendo Jihyo ainda discutindo, só então percebi quais eram as vítimas de seus gritos, Yoongi e Taehyung. O mais novo chorava, enquanto o mais velho estava ao seu lado, completamente imóvel. Tentei raciocinar qual a besteira que haviam feito, me aproximei um pouco mais, até ser parado por meu mindinho do pé, acertando em cheio a quina da escada.

Sweet Poison ⚠ Jikook ABO ⚠Leia esta história GRATUITAMENTE!