25

886 74 17

NARRADO POR SUMMER CAMPBELL:

Me desculpe.

Kane estava sentado no sofá com as mãos no rosto e os pés descalços roçando o tapete, assim que me viu levantou os olhos e eu me sentei ao seu lado. Seus lábios se entreabriram e ele soltou um suspiro longo antes de me olhar. Eu estava exausta de ter Aaron sempre ocupando meus pensamentos.

— Ei, não precisa se explicar. – Kane apertou meus dedos. — Eu acho melhor eu ir embora.

— Não, fica, é sério. Já está muito tarde.

— Legal, me empresta um cobertor.

Voltei do quarto segurando os cobertores e limpei a garganta quando vi Kane retirando a camisa e se virando quase em câmera lenta pra mim. E dessa vez eu estava realmente sorrindo como o Gato da Alice. Homens sem camisa com certeza eram meu ponto fraco.

— Não, você pode ficar no quarto de Linda. O sofá não é muito confortável.

— Acredite, é mil vezes melhor que a minha cama. – Kane riu.

— Anda logo.

O quarto de Linda estava uma bagunça completa mas eu havia conseguido limpar a cama para Kane dormir, não seria nada legal que ele dormisse no sofá. Desde que eu havia chegado eu ainda não tinha refletido sobre o fato de eu estar com um cara dormindo na minha casa e que esse cara com certeza não era Aaron. Ele havia transado com Stacy e a deixado no comando da empresa que ela mal conhece mas por que eu ainda pensava nele? Por quê?

   Já era dia quando eu abri os olhos e tateei a cama vazia, na verdade era uma coisa que eu sempre fazia em uma tentativa de sentir Aaron ao meu lado mesmo sabendo que ele não estaria. Estiquei as pernas e me levantei sentindo minha cabeça latejar, maldita ressaca.

— Bom dia, Kane. – Sorri encostando no batente da porta do quarto de hóspedes.

— Será que eu estou no céu? – Ele sorriu abrindo os olhos.

— Eu espero que você seja bom em fazer café da manhã.

— Você vai comer os melhores ovos com bacon da sua vida. – Ele sorriu.

Kane pulou a bancada de mármore da cozinha e começou a preparar os ovos enquanto eu fazia o café na cafeteira. Remexi o chocolate enquanto jogava no café e Kane brincou enquanto queimava o bacon junto com os ovos e fingia dançar.

— Deguste. – Ele empurrou o prato na minha direção.

— Prove o seu chocolate com café. Especial. — Digo e Kane sorri bebericando o café na xícara pra logo depois fechar os olhos e fingir se deliciar com aquela sensação.

— É o melhor café da minha vida. Juro.

— Espero poder dizer isso dos seus ovos. – Fiz suspense antes de espetar o garfo na comida e provar os ovos com bacon de Kane.

— Hum, nada mal. – Sorrio pensativa.

— Nada mal? – Ele faz uma careta.

— Tá, está muito bom. – Dou uma risada.

— Este é o cara com quem estou competindo? – Kane apontou para o porta-retrato com uma foto minha e de Aaron.  — Aaron Thompson, já ouvi falar deste cara.

Doce SeduçãoLeia esta história GRATUITAMENTE!