⚠ Twenty-Eight ⚠

28K 2.7K 1.9K

Alguém me assassina... Estou com tanta ideia para fanfic nova, mas tenho muitas já postadas... Tenho que concluir algumas primeiramente, ou não irei dar conta... Trágico! 

Estava verificando alguns comentários no capítulo de 50K... Percebi que muitos leitores ficaram surpresos com minha idade... Kkkkk' O que fez com que pensassem que não tenho 21 anos? Sou 96 line... E gostaria de informar, aquela foto onde meus olhos parecem claros, aquilo é uma das minhas lentes de contato... Tapeei todo mundo, Sorry!

~~~~ <3 ~~~~


Boa Leitura!


"Tenha ódio , para proteger o amor."

Jungkook P.O.V's

     Sabe quando seu dia começa perfeito, sentindo os toques da pessoa que mais ama, e então quando você tem que se distanciar por motivos de rotina, algo lhe diz que nada irá ficar bem? Assim que deixei Jimin no colégio, meu coração se apertou em uma angustia estranha, como se gritasse, "Não o deixe aí, não no meio de pessoas que o odeiam.", mas infelizmente não pude fazer nada, havia uma prova importante, coisa necessária para concluir meu penúltimo período na faculdade, simplesmente não podia faltar. Deixá-lo entrar naquele local, foi o mesmo que jogá-lo em uma cova de leões.

     Sei que Jimin é forte o bastante para se proteger sozinho, mas depois do susto que passamos no fim de semana, me sentia na obrigação de protegê-lo ainda mais, principalmente após vê-lo encolhido, abraçando os próprios joelhos, deixando escapar suas grossas lágrimas enquanto seus olhos se arregalavam em direção aquele crápula. Meu pequeno precisou de carinho, e foi tudo o que ganhou naqueles três dias, demonstrei meu amor de diversas formas, das mais fofas as mais devassas, não lhe dei um minuto se quer de paz, depois que as dores da briga sumiram de meu corpo.

     Estava em mais uma aula, havíamos acabado de entregar a avaliação, quando o celular começou a vibrar de forma desesperada sobre a mesa, o número de meu pequeno, meu coração só faltou sair pela boca, nem mesmo pedi licença ao professor, passei direto para fora da sala, levando minha mochila, e o aparelho grudado à orelha. Era uma garota, Jimin havia mencionado seu nome, e disse ser uma nova amiga, a voz da mesma estava desesperada, e juro não ter entendido mais nada depois de duas palavras, acidente e escada. Só sabia de uma coisa, tinha que sair dali o mais rápido possível, mas caso ele precisasse ir para o hospital, seria perigoso ir de moto, maldito dia que resolvi deixar o carro parado.

     -Jungkook, que desespero é esse? –Ouvi a voz que conhecia perfeitamente.

     -Hyung, está em seu carro hoje? –Hoseok se assustou ainda mais. –Jimin sofreu um acidente no colégio, não posso levá-lo ao hospital em minha moto, e vai demorar se eu for até em casa.

     -Não precisa ir, até sua casa. –O mais velho tirou a chave do bolso de sua jaqueta, lhe entreguei a chave de minha moto. –Me entregue amanhã, quando vier a faculdade.

     -Obrigado, Hyung. –Sorri, seguindo até a saída.

     -Jungkook-ah, cuide do seu garoto. –Meu amigo sorriu, sabia o quão envolvido já estava com o pequeno, tanto que tratou de afastar a irmã da cidade.

     Dirigi em alta velocidade até o colégio, sendo recepcionado por Seokjin, o ômega de que tanto meu pequeno falava, e o diretor de seu colégio. O mais velho me explicou a situação, e quando mencionou o que realmente aconteceu, que na verdade não havia sido um acidente, meu sangue ferveu em minhas veias, só queria juntar os cabelos daquela ômega maldita, e atirá-la mil vezes da mesma escada.

Sweet Poison ⚠ Jikook ABO ⚠Leia esta história GRATUITAMENTE!