⚠ Twenty Two ⚠

32.2K 2.9K 2.4K

Boa notícia: Está chovendo aqui...

Má notícia: Está chovendo tão forte, que desestabilizou meu roteador, estou pelo 3G...

Boa Leitura!

“Se você é paciente em um momento de raiva, você evitará cem dias de sofrimento.”

Jungkook P.O.V’s

     Me senti melhor comigo mesmo, após ter a certeza, que apesar de Jimin não portar minha marca, pertenceríamos um ao outro, no momento em que o menor disse o “sim”. Estou disposto a marcá-lo no próximo cio, mas até lá, tenho de me certificar de que certos alfas se manterão afastados. O aroma do pequeno não é apenas uma droga para mim, é viciante para qualquer outro que o sinta, e só de imaginar outros garotos chegando perto, já sinto todo o autocontrole se esvaindo de minhas veias.

     Passamos o resto do dia, deitados nas cadeiras na área de piscina. O pequeno sobre meu colo, rindo atoa enquanto trocávamos carícias e beijos. Quando minha mãe chegou do hospital, Jimin só faltou pular dos meus braços, um pouco envergonhado por termos sido pegos novamente, mas se sentiu tranqüilo, após a mais velha dizer que nos apoiava, o problema seria falar com meu padrasto, mas estava disposto a enfrentá-lo caso fosse preciso.

     Jimin estava no banho quando ele chegou, chamei o mais velho direto para o escritório, não queria que o pequeno presenciasse nossa conversa. Donghyun estava um pouco exausto, mas ainda sim aceitou conversar comigo, quando mencionei que era algo se tratando de seu filho. A cada passo rumo à enorme porta de madeira, sentia que meu coração sairia pela boca, talvez por ser a primeira vez que tomaria uma atitude sensata em minha vida, assumindo a responsabilidade de cuidar de um ômega.

     -Sente-se, filho. –O mais velho apontou uma das poltronas, e seguiu até a mesa de bebidas, pegando para servir doses de Whisky. –Aceita uma dose, está um pouco nervoso.

     -Sim, por favor. –O alfa me estendeu a dose da bebida. –Obrigado.

     -Confesso que me deixou assustado, quando disse ser algo relacionado ao meu filho. –Ele suspirou, se sentando a minha frente. –Jimin já sofreu demais, tenho medo que acabe entrando em confusão, não quero meu pequeno machucado novamente.

     -Eu sei, e peço desculpas por tê-lo feito chorar a dias atrás. –Confessei a verdade, já que minha mãe mencionou que o marido estava preocupado. –Disse algo que não deveria, e sofri muito com as lágrimas dele.

     -Esse era o motivo dele estar tão abatido quando retornamos de viagem. –O mais velho assumiu uma postura mais séria. –Jungkook, você o ajudou no primeiro cio, estou certo?

     -Sim, senhor. Está. –Suspirei um pouco mais nervoso.

     -Eu te agradeço filho, mas não precisa assumir a responsabilidade de estar ao lado dele, me entende. Você é jovem, conhece muitas pessoas, Jimin é responsabili... –O mais velho já estava falando além da conta.

     -Acontece que eu amo seu filho, e quero realmente algo sério com ele. –Sustentei o olhar contra o do mais velho. –Se não me quiser em sua casa por conta disso, terei o enorme prazer em sair daqui, mas não vou desistir dele.

     -Não é necessário, garoto. –O homem sorriu, me estendendo a mãos. –Isso foi apenas um teste, queria saber se o que realmente sente por meu pequeno é sério.

     -É mais que sério, não sei do que sou capaz por aquele ômega. –Sorri, finalmente soltando o ar de meus pulmões.

     -Não o machuque, Jungkook. –Meu padrasto me estendeu uma das mãos. –E não me decepcione.

Sweet Poison ⚠ Jikook ABO ⚠Leia esta história GRATUITAMENTE!