⚠ Twenty One ⚠

29.8K 2.9K 1.8K

AVISO: Capítulo contendo Smut / Lemon...

Alguém, por favor! Me sequestra, e me joga no Alasca... Não aguento mais esse calor do inferno... 

Boa Leitura!


"O melhor de um casamento, é saber que por mais que às vezes ocorram brigas e desavenças, você trocaria uma eternidade de paz por esta adorável dor de cabeça..."

Yoongi P.O.V's

     Taehyung estava de fato me ignorando, nossa briga foi relacionada ao mesmo fato de sempre, temos nosso próprio apartamento, queríamos privacidade, mas minha sogra não colabora. Liga de cinco em cinco minutos, todo fim de semana está em nossa casa, nem mesmo tínhamos o mesmo carinho um com o outro, ou era como se ele não quisesse demonstrar. Ás vezes poderia jurar que nosso amor acabou e que a única coisa que nos prende, é a maldita marca, que insiste em queimar, uma dor tão intensa a cada briga.

     Não me arrependo do dia em que ele me marcou, estávamos descontrolados, eu passando pelo período do cio, e ele em rut. Não medimos as conseqüências, na época éramos apenas amigos, na verdade Taehyung era amigo de Jungkook, ambos têm a mesma idade, acontece que as dores começaram e estávamos apenas os dois em casa, minha mãe estava no trabalho, e meu irmão na universidade. Ambos imersos em um desejo absurdo, apenas uma troca de olhares, e já estávamos em meu quarto.

     Seus braços ágeis, me apertando em meio aos seus músculos. Eu era completamente inexperiente, meu primeiro cio, nem mesmo conseguia me controlar, mas os toques de Taehyung pareciam uma injeção letal, daquelas que causam paralisia, ou te impedem de dizer uma palavra, mas naquele instante, eu não queria dizer nada, apenas implorar por mais. Costumava alimentar uma paixão platônica pelo mais velho, mas sabia que não seria correspondido, ele levava a mesma vida de Jungkook, cercado de pessoas, em bares e boates, tudo o que a maioria dos alfas fazem. No meu caro, era apenas um simples colegial, aqueles que prezam por suas notas altas, e torcem para não ser chacota, enquanto ajeitam os óculos no rosto.

     Taehyung de fato me mudou, consigo ser mais confiante, talvez porque ele se sinta assim, e como carrego sua marca, toda essa total confiança, e alto-estima elevada, se abateram sobre mim. Mudei constantemente as cores de meus cabelos, mudei meu estilo por causa do mesmo, com medo de que ele fosse me abandonar a qualquer momento por conta da diferença de idade, mas o garoto se mostrou cada vez mais apaixonado. E aqui estamos noivos. E por mais complicado que sejam nossas brigas, temos a certeza que não deixaríamos um ao outro.

      O mais velho se trancou no quarto, me deixando completamente sozinho, assim que Jimin e meu irmão foram embora. Obviamente me senti triste estando naquele apartamento imenso, sem ao menos trocarmos uma palavra. Taehyung é orgulhoso, o mesmo sentimento que também porto em meu peito, e a única coisa que naquele instante nos separava, ninguém queria dar o braço a torce. Deixei algumas lágrimas escaparem, molhando as folhas de meu caderno, enquanto tentava me concentrar ao máximo em um de meus trabalhos escolares, mas estava difícil manter o foco sobre cada palavra.

     Há dias estava sentindo os sintomas do meu cio, mas me entupia de remédio para dores, e assim que o mesmo chegasse de vez, iria fazer uso dos supressores que estavam constantemente perto de minha mochila. Aposto que assim como eu, Taehyung sentia toda a angustia, mas não dizia nada. A marca nos deu uma ligação tão intensa, que nos fez ser capazes de sentir o que o outro está sentido. Fui tirado de minhas tarefas, com o barulho de rodinhas por um dos corredores, assim que ergui meu rosto, me deparei com meu alfa, com uma mala nas mãos, me deixando confuso.

Sweet Poison ⚠ Jikook ABO ⚠Leia esta história GRATUITAMENTE!