- Borboleta -

55 16 14
                                                  

Borboleta, menina que aqui voa
Por todo canto do nosso jardim
Por entre os cantares que o galo soa
Bem como nos tantos bordados de cetim

Borboleta querida por nós, gente,
Deste pomar, a alegria aos nossos olhos
Nos faz esquecer deste chão os restolhos
E limpa a eiva que suga nossa mente

Menina que veste as várias cores,
Que de tudo almeja apenas beleza,
Borboleta, bela assim como as flores,
Encontra em suas asas a riqueza

Ó menina, borboleta!
Dona da natureza que aproveita
De quem também lhe conduz a outra vida
Escasso é o tempo após a sua vinda

Meus Textos Ao VentoOnde as histórias ganham vida. Descobre agora