Ao que parece, você já tem uma base sobre quem eu sou e julga que tenha feito mal a Helena pra ela praticamente correr quando me vê, mas nao é bem assim.

Eu gostava dela, de verdade, só nao esperava que as coisas pudessem fluir mais rapido do que esperava, e então decidi dar um ponto final, desde então ela não quer me ver nem pintado de ouro.

Tínhamos um relacionamento bom e estável, com certeza eu tinha minhas escapadas, obviamente sem o conhecimento de Helena, mas era bom.

Mas quando a vi na academia, algo reacendeu em mim, ela estava diferente, não na aparência, mas em seu jeito.

Decidi conversar com ela, e o babaca do delegado substituto intrometeu, não insisti pra não gerar confusão mas não vou desistir.

Hoje fizemos um flagrante de trafico, e um rapaz de apenas 17 anos estava junto com o grupo, encaminhamos o grupo para a delegacia mais próxima e por coincidência é onde Helena faz estágio, e enquanto estava conversando com outro policial na entrada, uma mulher que estava furiosa passou e acabou esbarrando em mim.

- Desculpa moça! - Ela era linda, uma loira que parecia modelo. Ela só olhou pra mim, aparentava estar soltando fogo pelas ventas. - Posso ajudar você? Parece nervosa!

- Você por acaso viu uma morena do cabelo cacheado por aqui?

- Helena? Ela já deve ter ido para o fórum. - Respondi olhando para o relógio conferindo o horario.

- Você a conhece? - Ela pergunta olhando fixamente em meus olhos.

- Tivemos um relacionamento no passado.

- Não sei porque estou espantada, é uma vadia mesmo! - Disse para si mesma.

- Ela fez alguma coisa com a senhorita? - Perguntei intrigado com a situação.

- Aquela vadiazinha se meteu na minha vida e meu noivo acabou de romper tudo comigo por causa dela.

Interessante, conhecendo Helena como conheço, duvido muito que ela tenha interferido na relação dessa mulher. Mas pensando bem, talvez essa mulher possa me ajudar a ter minha morena de volta e consequentemente reatar seu noivado. Resolvi tentar a sorte.

- Qual o nome da senhorita?

- Daniela.

- Bom Daniela, eu estou indo almoçar, se a senhorita quiser podemos almoçar juntos e assim conversamos mais, o que acha? - Ela me olha intrigada com a minha proposta pra almoçar mas depois de refletir um pouco, decide aceitar o convite com um aceno de cabeça.

Fomos a um restaurante próximo e muito luxuoso, nos dirigimos uma mesa mais afastada.

- Então, há algum motivo para esse convite de almoço repentino? - Ela indaga derepente.

- Nada demais, mas acho que seria bom se conversarmos mais um pouco. - Ela apenas dá um aceno de cabeça em concordância enquanto olha o cardápio. - Eu conheço bem Helena, ela seria incapaz de se meter em uma relação, ainda mais em um noivado.

- Talvez você não a conheça tão bem, porque foi exatamente isso que ela fez.

- Contudo, eu posso te ajudar contanto que você me ajude, eu a quero de volta e suponho que você tbm queira o seu noivo de volta, correto?

- Certo, e suponho que você irá querer algo em troca? - Ela deixa o cardápio de lado e indaga.

- Somente ela, nada mais!

- Sei. - Ela responde meio desconfiada da minha proposta. - Até que você da pro gasto - diz enquanto passa o olha em todo meu corpo, e passa a perna na minha por debaixo da mesa em provocação, apenas sorrio.

- O seu noivo, não é ciumento?

- Honestamente, meu interesse no meu noivo é somente um acordo que fiz com a mãe dele, nada mais que isso. - Responde fazendo aspas com a mão enquanto dizia meu noivo.

- Compreendo, se quiser, podemos nos divertir. - Respondo o seu olhar.

- Com certeza!

Almoçamos e conversamos mais um pouco, e depois nos despedimos marcando de nos encontrar novamente. É baita de uma gata, não a deixaria escapar.

Bom dia meninas,
Sei que tô em falta com todas mas eu tive um grave problema de saúde pois contraí uma bactéria recentemente e estava me recuperando e não pude postar, peço a compreensão de todas.
Amanhã já começo a escrever novos capítulos, bjusss😘😘😘

Mais de MimLeia esta história GRATUITAMENTE!