⚠ Sixteen ⚠

30K 2.9K 1.8K

AVISO: Para acabar com a tensão da prova do themônio, aqui vai o Smut / Lemon... Encontro vocês na humilde residencia do tio Lú... 

A VHope já está disponível... <3

Boa Leitura!


"Diga me, como tu ousa invadir meus sentimentos com teus gemidos e anseios? Segura te teu corpo contra o linho branco desse lençol enquanto toco tua alma com meus lábios."


Jungkook P.O.V's

     Há pelo menos dois dias vinha sentindo as dores, aumentando a temperatura de meu corpo pelas madrugadas, mas não me importei muito, concertar minhas idiotices era mais importante que tudo. Depois de cuidar da bebedeira do pequeno ômega, passei a noite vigiando seu sono, acordado mantendo o mesmo em meus braços, lhe protegendo do frio, zelando por seu descanso, levantei completamente quebrado para, mas tinha que ir até a faculdade. Antes de sair, lhe deixei um bilhete, e um comprimido para suas dores, sabia que acordaria de ressaca.

     Passei parte da manhã, com a mente conturbada por todos os últimos acontecimentos, e ainda tive que aturas as ômegas de minha sala, se jogando sobre mim, possivelmente por terem percebido meu aroma já modificado pelo maldito rut. Se fosse em qualquer outra circunstância, não teria duvidas que agarraria qualquer uma delas, mas naquele instante só queria Jimin. Estávamos de fato conectados, não por algo tão forte como chamado a marca de alma gêmea, ou a mordida, mas nossa ligação era de fato intensa.

     Chegar em casa, e receber um turbilhão de foras, foi de fato um banho de água fria. Eu realmente merecia aquilo, abrir a boca sem pensar, foi realmente meu pior erro, e como Yoongi disse, eu estava prestes a perdê-lo, sem nem ao menos tentar. Doeu, cada palavra, cada opinião, doeu ouvi-lo se desmerecer daquela forma, dando a entender que não era digno dos sentimentos de alguém como eu. Não consegui me segurar, e acabei chorando em sua frente. Não me importei em ser um alfa, nem com o fato de demonstrar tal fraqueza diante de um ômega, mas toda aquela confusão ficava cada vez pior.

     Assim que Jimin saiu do quarto, caí de joelhos, não pelas lágrimas, senti uma fincada sobre meu abdômen, à dor havia piorado. Caminhei cambaleando até meu quarto, antes de me jogar de costas sobre a cama, percebi o pequeno sentado na casa da árvore, encarando as gostas de chuva que caíam sem cessar. Acabei adormecendo pelo cansaço, mas não demorei a acordar, com o barulho de carro sendo estacionado de frente a casa. Ouvi a voz de minha mãe, pensei em me levantar, mas a dor me fez ficar no lugar.

     Quando encontrei um pouco mais de força, caminhei até o banheiro. E o que é melhor para acabar com a dor, se não uma ainda mais intensa. Comecei a desferir alguns socos contra a parede, minha mãe apareceu segundos depois, e assim que viu minha situação, saiu correndo do quarto. A mais velha sempre tinha medo de minhas crises, tudo aquilo por não suportar a dor. Achei que fosse aparece meu padrasto, ou até mesmo Taehyung para me parar, esse era sempre os pensamentos de Jihyo, mas ao contrário do que imaginei, foi Jimin que passou pela porta, e céus, naquele instante, usei todas as minhas forças para não jogá-lo sobre minha cama.

     Foi então que descobri, o ômega estava ali, se oferecendo para me ajudar, oferecendo seu corpo de bom grado, mesmo com o medo estampado em seus olhos, ele queria ser usado para que eu atingisse meu prazer. Naquele instante, tentava controlar o máximo possível, meu lado inteiramente selvagem, nem mesmo sabia se iria conseguir por muito tempo, mas também não queria machucá-lo. E lá estava o pequeno, com seu corpo contra a parede, sendo prensado por meus músculos, enquanto nossos lábios dançavam em uma sincronia perfeita.

Sweet Poison ⚠ Jikook ABO ⚠Leia esta história GRATUITAMENTE!