⚠ Fourteen ⚠

34K 3.4K 2.9K

Boa Leitura!



"Alguém chora quando vem o arrependimento e o sentimento de culpa, a angústia do perdão faz doer."

Jungkook P.O.V's

     Jimin ficou muito magoado com minha idiotice, mas a coisas comigo funcionam assim, quando tudo parece entrar nos trilhos, algo acontece para atrapalhar. Desta vez foi minha mania de não pensar antes de abrir a boca, o ômega com certeza, imaginou que ainda guardo sentimentos pela garota, o que não é verdade. Jiwoo é apenas uma amiga, um caso de verão passado, e que não pretendo que se repita. Se soubesse que a mais nova estava na casa do irmão, nem mesmo teria ido lá.

     Passe à tarde na área da piscina, arejando minha mente, apenas a espera que ou mais nosso saísse do quarto. Só percebi que Jimin estava fora de casa, quando meu irmão e Taehyung, entraram o carregando direto para o quarto. O mais novo estava caindo de bêbado, e para variar, se meu padrasto ou minha mãe descobrem que é culpa minha, irei ouvir bronca para o resto da semana. Corri até o quarto, encontrando o mesmo sobre a cama, meu cunhado voltou para sala, enquanto Yoongi retirava os calçados do ômega.

     O menor se levantou, cambaleado até o banheiro. Quando ia questioná-lo ainda mais sobre os motivos de tudo aquilo, seus joelhos se afundaram no chão, e como efeito de quem consome álcool pela primeira vez, tudo o que estava em seu estomago, foi parar dentro do sanitário. Jimin parecia fraco, possivelmente não comeu nada, jogando álcool praticamente puro no estomago por isso os efeitos devastadores. Meu irmão disse que iria preparar algo forte, com o fim de cortar os efeitos, e que depois iria conversar comigo, mesmo que eu já saiba o assunto.

     Assim que tranquei a porta, e comecei a retirar a roupa do ômega, o garoto caiu desacordado em meus braços. Tive que retirar minha blusa, ficando apenas de calça, para não molhar mais nenhuma roupa. Deixei Jimin apenas de boxer, e foi um inferno controlar meus pensamentos, vendo o corpo tão definido a minha frente. Me sentia culpado por seu estado, e como obrigação, deveria ajudá-lo. Coloquei seu corpo embaixo da água gelada, fazendo o mais novo despertar e se agarrar ao meu peitoral.

     -Kookie, está frio. –Sua voz saía com dificuldades, e seu corpo tremia levemente.

     -Eu sei, bebê. –Deixei um pequeno selar em sua testa. –È para seu bem.

     -Vou congelar, Hyung. Não seja tão mal. –O menor choramingou, a coisa mais fofa do mundo. –Desculpe por estar dando trabalho, Jungkook-ssi.

     -Ei, não se desculpe. –Segurei seu rosto entre às mãos. –Se tem alguém que deve pedir desculpas aqui, esse alguém sou eu.

     O ômega abaixou a cabeça, encostando a mesma em meu peito, enquanto seus dedos passeavam pelos quadradinhos de meu abdômen definido. Não entendia o que ele estava fazendo, noventa e nove por cento de certeza que era por conta do álcool, e apesar de errado, aquilo estava me excitando. Puxei suas mãos para cima, colando seu corpo na parede, e seus pulsos acima da cabeça.

     -Desculpe. –Sussurrei entre nossos lábios, sentindo a água do chuveiro molhar nossos corpos. –Precisamos sair daqui, antes que eu faça besteira.

     -Pode fazer, Jungkookie. –O mais novo disse completamente manhoso. –Eu sei que sou melhor que ela.

     -Você é, Bebê. Não sabe o quanto é melhor que ela, mas está bêbado. –Ainda roçávamos nossos lábios.

     -Eu não me importo, já fiz isso sóbrio também. –Suas mãos desceram até a barra de minha calça. –Preciso te sentir, Hyung.

     -Não, Jimin. –Falei em um tom mais sério, vendo o mesmo se encolher tristonho. –Não me entenda mal, quero isso tanto quanto você, mas não está em condições, isso seria praticamente abuso.

Sweet Poison ⚠ Jikook ABO ⚠Leia esta história GRATUITAMENTE!