⚠ Thirteen ⚠

31.9K 4.6K 5.6K

PEDIDO: Amores da minha life... Percebi que bastante gente lê essa fanfic, mas não vota e nem comenta... Vamos agitar isso aí, eu virei a noite escrevendo, só para dar atualização dupla hoje... Bom, o outro capítulo será postado apenas mais tarde... Me animando com votos e comentários, a recompensa é inteiramente suas... Só para descontrair, me segue lá... EU NÃO MORDO, sou uma espécie de louca civilizada... Kkkkk'

Boa Leitura!



"Me empresta seu peito porque a dor não está cabendo só no meu."


Jimin P.O.V's

     Acordei feliz, animado por conta do feriado, disposto a procurar um canto para me divertir. Consegui animar o alfa, Jungkook disse que iríamos à casa de um amigo, e a noite me levaria ao cinema. Nossos pais foram até uma cidade vizinha, fazer algumas visitas, aproveitando o tempo de folga. O sorriso estava em meu rosto, até a garota nos atender na porta. Abraçando o mais velho como se fossem bem íntimos, achando que não podia piorar, Jeon me apresenta como "O filho de meu padrasto.".

     Soltei sua mão, indicando o quão chateado fiquei com tudo aquilo, ele nem ao menos abriu a boca para tentar concertar o erro. Tudo bem que não estávamos namorando oficialmente, não havia acontecido o pedido, mas fala sério, nós estávamos mais íntimos que o normal, e havíamos passado a noite anterior juntos. Eu deveria ter acreditado em Yoongi, quando ele disse que o irmão é um completo idiota, agora tinha certeza que era. A tal Jiwoo pareceu perceber algo, da mesma forma que pareceu estar interessada em meu alfa.

     Fiquei apenas observando a mesma esfregando os braços em Jungkook, e o mais velho não fazer nada para impedir. Mas o extremo, foi quando uma de suas respostas deu a entender que ela e Jeon, já tiveram algo além de uma amizade. E quando a conversa pareceu se estender, após uma resposta no mínimo grosseira minha, o alfa se levantou com a desculpa de que deveríamos ir embora. A ômega se despediu com um leve aceno, e quando foi se despedir de Jungkook, selou sua bochecha, a poucos milímetros de sua boca.

     O mais velho não fez a mínima questão de se comunicar comigo, enquanto descíamos até o estacionamento. Assim que ele destravou o carro, entrei no banco traseiro, Jungkook tentou puxar assunto, mas o cortei na mesma intensidade. Estava com tanto ódio do alfa, que seria capaz de lhe arranhar toda a cara. Ele nem se quer questionou, suspirou um pouco mais alto, batendo as mãos contra o volante, xingando a si mesmo de idiota. O veículo deu partida, rumo a nossa casa, por sorte não teria que o aturar por longos minutos. Quando chegamos, desci batendo a porta, e correndo para dentro de casa, não iria chorar na frente dele, me recusava a prestar este papel.

     -Bebê! –O ignorei, começando a subir os primeiros degraus da escada. –Jimin! –Como um golpe baixo, ele usou sua voz de alfa, me fazendo ficar quieto no lugar.

     Neste instante, nunca odiei tanto ser um ômega, que por instinto tem seus reflexos de atender ás exigências quando o maldito alfa eleva o tom de voz. Suspirei fundo, me virando para encarar Jungkook, ainda de pé na porta de entrada. Sua respiração ofegante por ter corrido, e o semblante de arrependimento em seu rosto. Ele levou as mãos ao peito, me pedindo alguns segundos, tentando formular as palavras certas.

     -O que você quer? –Saiu um pouco rude, mas era para ele entender o tamanho de minha magoa.

     -Não sabia que Jiwoo estaria lá, me desculpe. –O alfa pediu com seus olhos presos aos meus.

Sweet Poison ⚠ Jikook ABO ⚠Leia esta história GRATUITAMENTE!