⚠ Eleven ⚠

42.4K 3.7K 3.5K

AVISO: Capítulo contendo Smut / Lemon...

Boa Leitura!


"O universo mora em seus olhos amor, a areia refinada do deserto e como seu corpo quente, por dentro você é como o mar, misterioso e cheio de segredos."


Jimin P.O.V's

     É difícil conter os gemidos que insistem em deixar minha garganta, quando se tem um alfa, se esfregando com todo o desejo sobre meu corpo. Minhas mãos estavam presas acima da cabeça, afundadas no colchão macio, enquanto sua pélvis friccionava sobre a minha. Ambos os corpos completamente excitados, que as roupas se tornaram um enorme incômodo entre nossas peles. Jungkook se sentou, apoiando as costas na cabeceira da cama, me puxando para sentar sobre seu membro coberto.

     -Você me deixa louco, sabia? –O alfa disse com as mãos em meus quadris. –Eu quero você, Bebê. –As palavras arrastavam entre nossos lábios.

     -Hyung, tem gente lá em baixo. –Sussurrei, puxando levemente seu lábio inferior.

     -Eles não vão incomodar. –Um pequeno arfar deixou meus lábios, quando seus dedos percorreram minha pele, e afundaram sobre a carne de minhas nádegas.

     -Jungkookie-ssi! –Escondi meu rosto na curva de seu pescoço, grudando meus lábios sobre sua pele exposta.

     -É só não gemer tão alto, pequeno. –Ouvi sua voz rouca próxima ao meu ouvido. –Consegue fazer isso? –Seus lábios finos grudaram ao meu pescoço. –Por favor, eu quero tanto sentir você outra vez.

     -Então... –Ergui meu rosto para encará-lo. –Tranque a porta, Jungkookie.

     Um sorriso apareceu em seu rosto, deixando o alfa ainda mais belo, em alguns momentos, seus dentes levemente arrastados para frente, lhe faziam pareceu um coelho. O maior se levantou, erguendo meu corpo, ainda grudado ao seu. Jungkook foi até a porta, trancando-a, nos deixando completamente a sós. Os mais velhos pareciam bem distraídos no andar de baixo, e pelo visto não iria nos incomodar. Voltamos para mesma posição, o mais velho de costas para cabeceira, comigo sentado sobre seu colo.

     Suas mãos desceram para a barra de minha blusa, puxando a peça para cima, restando apenas a boxer branca sobre meu corpo. Em menos de um segundo, sua blusa também foi parar no chão, ao lado da minha. Meus olhos se chocaram sobre os músculos perfeitamente desenhados de seu abdômen, Jungkook apenas observava minhas ações, como se estivesse achasse fascinante, minha curiosidade sobre o corpo alheio. Será nossa primeira vez após meu cio, uma relação intima, sem as dores e o desconforto, apenas prazer.

     Apoiei minhas mãos sobre seu peito, deslizando de forma lenta, até seu abdômen, onde massageei com as pontas dos dedos. Jungkook reprimia os gemidos, mordendo o lábio inferior. Por um instante, parei o que estava fazendo, confuso e com medo de estar agindo errado, elevei meus olhos para encará-lo, encontrando suas orbes negras, fixas em minha face. Suas mãos ainda estavam presas aos meus quadris, e fizeram uma leve pressão ali, como se quisesse me encorajar.

     -Vamos, Bebê. –Sua voz saiu rouca, mas em um sussurro quase inaudível. –Me toque sem medo.

     -Eu não sei, não sei o que fazer. –Sussurrei, sentindo sua respiração próxima ao meu pescoço.

     -Irei te ensinar, hum... –Seus lábios marcaram fortemente a pele abaixo de meu ouvido. –Agora continue o que estava fazendo.

     Encorajado por suas palavras, desci minhas mãos pelo mesmo caminho, parando na barra de sua calça. Passei a ter mais confiança, quando ouvi seus gemidos um pouco mais roucos. Meus dedos pairavam sobre a barra da peça, até suas mãos cobrirem as minhas, me ajudando a desafivelar o cinto, depois abrir o único botão. Arregalei os olhos ao perceber o que estava prestes a fazer, então o encarei profundamente.

Sweet Poison ⚠ Jikook ABO ⚠Leia esta história GRATUITAMENTE!