20

932 85 18

— Nossa, Jones

Oops! This image does not follow our content guidelines. To continue publishing, please remove it or upload a different image.

— Nossa, Jones. Cadê aquela mulher doce e gentil, em? – Sorri. — Sabe eu odeio rivalidades, principalmente entre nós mulheres, é a coisa mais ridícula.

— Eu acho legal esse seu discurso mas você sabe que eu não estou aqui para negócios, então não precisa fingir. – Ela estava preparada para prosseguir quando seus olhos pararam em minha blusa fitando o sobrenome de Aaron na camisa dele.

— Gostou? É de Aaron mas isso você já devia saber. É incrível como o cheiro dele impregna em todas suas roupas. – Sorri.

— Vaca! – Stacy bateu os dentes brancos.

— Olha Stacy, eu realmente não sei o que você veio fazer aqui. A partir de agora você resolverá os negócios diretamente comigo e Aaron está de acordo com isso, então, sério vamos ser sinceras. O que você veio fazer aqui?

— Sum, querida. Sabe ontem eu fui ao jantar com sua melhor amiga Linda e ela me adorou e isso é só o começo do meu jogo eu sei que não vai demorar até que todos estejam contra você, então, tanto faz com quem eu vou tratar os negócios.

— Eu estou com Aaron agora e eu sei o quanto isso te incomoda mas dane-se, ele não vai terminar comigo por causa de alguém como você. Eu não te desejo nada de ruim, Stacy.

— Sabe Campbell, as pessoas cometem erros. E quer saber de uma coisa? O erro do Aaron está bem aqui na minha frente. – Ela me encarou.

Sai deixando Stacy fitando o vazio, aquela mulher conseguia me deixar com raiva. Era impossível conviver com alguém tão negativa.

— Linda! Quando você ia me contar que saiu para jantar com a maldita Jones?

Bufei me encarando no espelho do banheiro. Era o segundo recado que eu deixava para Linda.

Remexi a salada de rúcula com cenoura e frango, não estava com a menor fome. Jayden havia saído e tudo o que me restara era pedir comida. Aaron havia saído com os empresários do sexto andar e eu estava sozinha almoçando na minha sala ouvindo Snoop Dog. Eu havia tentando ligar para Linda mas ela também não havia atendido provavelmente estava ocupado na Boutique e Jane estava dormindo pelo que eu presumi.

— Eu queria mesmo saber de que sala estava saindo esse som. – Rushell sorriu.

— Ei, por onde você andou? – Abracei Jake.

— Eu consegui o diploma. – Ele sorriu.

— Meus parabéns, Jake!

— Bom, agora podemos ser parceiros oficialmente, quer dizer eles vão me mandar para algum andar próprio mas sei que meus projetos passarão pelos seus olhos de águia.

— Eu sei que eles estarão perfeitos. Eu estava almoçando, você quer?

— Isso parece péssimo. – Ele examinou a salada com uma careta.

Doce SeduçãoLeia esta história GRATUITAMENTE!