⚠ Six ⚠

38.2K 3.7K 2.9K

Bom, essa fanfic está tendo um crescimento considerável... E aproveitando a véspera de feriado e minha animação, decidi postar um novo capítulo para vocês... Obrigada por todo o apoio... 

Boa Leitura!


"Estremecerei de susto até dormir, no entanto é tudo tão pequeno. Para o desejo do meu coração, o mar é uma gota."


Jimin P.O.V's

     O que muitos chamam de medo infantil, eu costumo chamar de fraqueza. Tenho medo de tempestades desde que me entendo por gente, e em noites assim, minha mãe costumava me abraçar até o sono vir. Me sentia seguro nos braços da mais velha, como se aqueles barulhos ou clarões não pudessem me alcançar, mas agora estou sozinho, e para variar meu pai resolveu viajar, me deixando sobre os cuidados de um alfa egocêntrico.

     Fiquei trancado o dia todo no quarto, e assim que a tempestade começou, pulei para baixo do meu edredom. Tentei dormir, mas os barulhos estavam muito altos, fazendo todo meu corpo gelar. Diferente do ambiente ao lado de fora, a casa estava um completo silêncio, me fazendo acreditar que talvez estivesse mesmo sozinho. Até que enfim, ouvi passos pelo corredor, o aroma forte de um perfume amadeirado e leves toques em minha porta. Logo a voz do alfa tomou o ambiente, então caminhei até a mesma, destrancando-a e pulando novamente na cama.

     Como sempre, seu ataque de bipolaridade era incrível. De inicio se aproximou preocupado, querendo saber o que havia ocorrido, o porquê de eu estar chorando, mas quando tentei me aproximar, novamente ele se afastou, como se sentisse nojo, ou até mesmo medo de minha aproximação. Tive que implorar, e o fiz sem vergonha alguma, meu medo era maior naquele instante, só queria me encolher em um abraço, me sentir protegido. Jungkook me puxou até seu quarto.

     Fiquei quieto, e como prometi, desviei o olhar quando o mesmo se trocava. Fiquei um pouco atônito, ao encará-lo apenas de calça, era sempre assim, seu físico tinha algum tipo de atrativo que me deixava absorto de qualquer coisa ao meu redor. Senti meu corpo ser empurrado de encontro ao canto, e me encolhi embaixo do edredom, escondendo minhas bochechas rubras. Quando senti o corpo do maior ao meu lado, me aproximei, colocando o rosto no vão entre seu pescoço e seu ombro, de alguma forma se aroma acalmava meu interior.

     Não raciocinava mais, após sentir sua pele quente e seu perfume amadeirado. Jungkook era tão aconchegante quanto uma blusa de lã no inverno, seu toque me acalmava, assim com um chá de camomila. As palavras acabaram saindo de minha boca, mas seu perfume era de fato bom. Mas o clima foi cortado por um forte estrondo, me fazendo apertar ainda mais seu corpo ao meu. Não sei explicar o que ouve, apenas senti sua mão apertar minha cintura, me fazendo arfar por alguns instantes.

     O clima voltou a ficar intenso, quando elogiei seu toque. Meus olhos se prenderam ao dele, nosso contato naquele instante era tão intenso, que nem me importei com o clarão do relâmpago passando pela janela. Não aguentei a curiosidade, e desci meus olhos até seus lábios, Jungkook os aproximou dos meus, roçando levemente uns aos outros, aquela ação me arrancou um leve suspiro. Mas quando finalmente ele confessou o desejo de me beijar, juntei nossas bocas.

     Seus lábios eram ainda mais poderosos que seus abraços, poderia facilmente me viciar nos beijos do alfa. Jungkook é um vício, tanto fisicamente, quanto em suas ações. Nos separei apenas para sentar-me sobre seu abdômen, nem mesmo sei de onde tirei tanta coragem. Apesar de seu o meu primeiro beijo, não me sentia estranho, estava amando as novas sensações, e não consegui segurar o som que saiu de minha garganta, quando senti suas mãos apertarem minhas coxas. O ambiente esquentou ainda mais, quando suas mãos subiram para minha cintura.

Sweet Poison ⚠ Jikook ABO ⚠Leia esta história GRATUITAMENTE!