A Filha da Mentira não mentiu.

20 1 0
                                              

Finalmente, o dia chegou. Primeiro de abril, uma data bem especial para os humanos e para os vocaloids também... Pelo menos era isso que eles deveriam pensar. Estavam num maior alvoroço na entrada da cidade. Um alvoroço com só 10 vocaloids.

Prima e Sweet Ann demoraram para aparecer, e essa foi uma das poucas vezes que Miku viu a loira meio monstro. De óculos escuros e com uma cara de entediada, ela pedia passagem, empurrando Gumi com o cotovelo.

"Ahg, essa outra vai aparecer ou não? Eu tenho um milhão de coisas pra fazer, não tenho o dia todo! Da licença!"

Gumi fez uma careta.
"Ei gente, dêem espaço pros mais velhos." Ela gritou para os Notpyrcloids na frente. Prima começou a rir e ficou do lado de Gumi e Gakupo.

Miku e Luka estavam bem aonde a grama do morrinho começava. O morrinho da onde todos os vocaloids vinham. Lá no topo, existe uma base redonda que brilha, conectando-se ao céu, quando um novo integrante nasce, criando um feixe de luz visível em todo mundo.

A de cabelos turquesa estava ansiosa. Mal podia esperar para ganhar uma nova parceira. Luka ainda não entendia como seus criadores simplesmente não avisaram sobre nada, ficando calados até agora. Len e Rin só esperavam, tentando adivinhar mais sobre a novidade. Meiko olhava para cima, esperando o feixe aparecer, junto de Ann. Kaito tomava sorvete e conversava com Gakupo. Prima e Gumi olhavam coisas no celular holograma projetado na frente delas.
Eram mais ou menos seis horas da manhã.

Enquanto isso, em algum lugar entre o virtual e o real, Kasane Teto dava seus primeiros passos, tentando compreender onde estava e o que estava fazendo. Não conseguia falar uma palavra sequer, então só sorria. Quando voltou para sua cápsula, depois de fazer esses testes todos, não viu mais nada a não ser um mundo borrado e embaçado pelo vidro.

O que vai acontecer comigo? Pra onde estão me levando?

Ela pensava, um pouco nervosa. Uniu suas mãos junto a si e fechou os olhos.

Vai ficar tudo bem. Eu vou ser Vocaloid... Eu vou cantar logo.

"Vocês têm que conhecer essa garota! A nova Vocaloid!" As pessoas na internet diziam.

"Quem é ela?"

"Teto Kasane! Vamos ver como ela é..."

Os humanos já estavam caindo na pegadinha bem rápido. A falsa vocaloid foi anunciada só para que os outros procurassem sobre ela e...

Você é realmente um idiota!! Primeiro de Abril!!!

...Caiam no conto, indo à um endereço que não existia. Mas era só uma pegadinha boba. Todos perdoavam uma coisa dessas, rindo, mesmo que um sorriso amargo, e dizendo "Ah, eles fizeram de novo...".

Mas os vocaloids do mundo virtual ainda não tinham visto que ela era só uma pegadinha. E mesmo ela sendo uma piadinha de primeiro de Abril, alguém realmente se importou de fazer um modelo e adicionar inteligência nela, a dando vida. Kasane mal sabia que ia realmente pro mundo virtual.

Meiko olhava para cima, usando uma garrafa para conseguir olhar para o céu ensolarado, e pensou ter visto algo. Ann usava óculos escuros e também viu uma luz piscar lá em cima.

Quando pensaram que o grandioso feixe de luz iria surgir, uma coisa metálica, de pouco brilho caia de lá de cima, emitindo uma luz fraca.

Meiko ficou mais do que confusa e Sweet tirou os óculos para ver melhor.
"Mas o quê...?"
"Gente, olha lá!"

Todos levantaram a vista e viram a coisa que mais parecia um tipo de nave espacial cilíndrica caindo devagar no gramado.

Ficaram mudos, sem saber o que fazer. Prima olhou para Gumi e essa deu de ombros. Len e Rin queriam ir olhar de mais perto, mas Luka os segurou, pois nunca tinha visto um vocaloid nascer daquela maneira. Ninguém nunca viu aquilo. Miku mantinha os olhos fixos na forma cilíndrica, Ann ficou com um pouco de receio de se aproximar, Gakupo apertava os olhos para ver a coisa e Kaito cutucou Meiko, pedindo explicações. Ela não soube dizer o que tinha acontecido. Olharam uns para os outros, e um a um, foram até a cápsula, a começar pela mais velha.

The Intense Voice of Hatsune MikuWhere stories live. Discover now