desafio

383 47 9

Você me desafia -- sem grandes questionamentos quanto a isso. Agora, se eu apenas pudesse te desafiar a parar de fugir disso.

Você sentiu também. O esforço sobre-humano que se faz para fingir o óbvio e ocultar o ululante não passa de energia que deveria estar sendo depreendida em função de vivermos o resto da vida exatamente como estivemos ontem.

Juntos.


Deus, eu sinto falta da paixão, da inspiração, do sangue correndo e das bochechas corando de expectativa pelo nosso próximo encontro.

Pena que, ao que parece, isso nunca mais vai acontecer.


Eu fugiria com você, se você me pedisse. Nem precisa usar palavras. Pode pedir só com os olhos.

Eu, NósLeia esta história GRATUITAMENTE!