nós

352 58 28

"Ele voltou! Ele voltou!" -- eu puxei a cortina e gritei da varanda.

Porta adentro ele entrou

E o alívio finalmente afrouxou

Os nós na minha garganta.


E todos os "eles" deixaram de ser

Em função de nós.

Do nosso nós.





Ah, as mentiras que eu conto a mim mesma...

Eu, NósLeia esta história GRATUITAMENTE!