passou

422 71 16

Eu esvaziei o peito de ar na esperança de que tudo o mais esvaziasse junto. Eu chorei e escrevi até passar, e você passou. Passou diante dos meus olhos no que eu estimei ser metade de um segundo. E a dor de te ver indo embora, familiar a essa altura, veio como nova.

Você me alegra na mesma proporção em que me entristece, mas nada pode ser pior do que sua partida.

Só uma vez, eu queria ser a pessoa que deixa e não a que é deixada. Só para ver como é. Só para não ter que olhar para as suas costas diminuindo à distância e pensar "oh, lá vai ele de novo".

Eu, NósLeia esta história GRATUITAMENTE!