sem ideia

855 80 6

Leia as notas finais, são de extrema importância
-------------
Anteriormente
Paloma: ótimo, agora sim você vai para a cadeia seu verme nojento

Rafael: você ira pagar sua verme nojenta, irei te mandar pro inferno sua vagabunda!

*********

Paloma: quem ira pagar sera você Seu
Nojento, FDP, agora você ira para a cadeia e não voltara mais seu nojento.

Logo escutamos o barulho da sirene da polícia, eu sorrio olhando pra ele e ele me olha com raiva, a policia chega no quarto e o leva, logo um policia vem e me pergunta do porque chamou a polícia e se eu tenho algum parentesco com o Rafael, logo eu começo a falar:

Paloma: lembranças on

Eu: ei Rafa, agora eu sei cantar uma música, o nome dela é O tiro, quer ouvir?

Rafa: claro princesa. -assim eu começo a cantar...

🎶O tiro te acertou e você nem deu conta
A espada atravessou e você sentiu nada
Teu amor foi embora e você nem pergunta

Que os dias amanhecem e você nem levanta

A bomba explodiu e você nem viu o clarão
Veneno tá na veia e você não quer cura
Teu amor foi embora e você nem percebe
Que os dias amanhecem e você nem acorda

As cores foram embora e você nem se pintou
O açúcar foi embora levou todo o sabor
Tristeza pôs um véu em você, te cegou
Agora todos foram embora só você se ficou

Depois que arde o corte sempre alivia
Enquanto os meses vão passando anestesia🎶

Rafa: você é muito linda cantando Paloma, agora eu fico imaginando você fazendo outras coisas.

Eu: Ra-ra-fa oque vo-vo-cê vai fazer? -eu falo mas ele continua se aproximando- ra-fa-fa não chega perto de mim! Rafa, sai de perto de mim -ele continua se aproximando, e eu vou indo de encontro com a parede- sai daqui rafa, vai embora! AGORA RAFAEL!! VAI EMBORA! -ele começa a tentar me beijar, e eu desvio, ele bota a mão em um lugar não apropriado e me empurra pra cama, aonde eu caio e ele vai em cima de mim, eu fico batendo em seu peito mas ele continua tentando me beijar, eu grito, grito o mais alto que posso, grito como se não houvesse amanhã, logo escuto a porta do meu quarto ser aberta com muita força, lá eu vejo aquele que mais considerei na minha vida toda... Vida.

Ele vai para cima do Rafael e bate muito nele, que logo desmaia, Vida me abraça e me fala que tudo vai ficar bem, liga para a polícia e os mesmos levam Rafael, que ainda inconsciente é levado no porta malas...

Eu:e foi isso...

Jonathan: ouo

Policial: entendi, tentativa de estupro é coisa séria, não se preocupe, ele sera julgado e penalizado da forma correta.

Eu: obrigada

Logo o policial vai embora e Jonathan vem ao meu encontro:

Jonathan: nossa, eu não sabia que havia sofrido tanto assim

Eu: eu não queria que ninguém soubesse, mas o tempo não anda conforme nossos passos.

Ele logo me abraça...

------------

Eu sei, eu sei, capítulo pequeno, muito tempo sem postar, tenho algum motivo plausível? Preguiça vale? Não neh? Desculpas, mas não tenho mais vontade de continuar com esse livro, não tenho mais idéias, não tenho mais vontade de continuar ele, desculpem por qualquer coisa que acontecer de agora em diante gente

SOS Internato: Paloma Chegou! Seu Pior PesadeloLeia esta história GRATUITAMENTE!