A Intensa Voz do Futuro Renasce

63 1 0
                                                  


"... Olá?"

Hatsune Miku acordou num lugar vazio e escuro, em cima de um disco brilhante azulado. Estava nua, sem seus acessórios, roupas futurísticas, prendedor de cabelos flutuante e microfone, nem suas luzes LED nas pernas estavam acesas. Parecia uma humana normal, se não fosse por seus longos cabelos turquesa. Não conseguia sair daquele espaço, por mais que tentasse... Mas mesmo assim, não queria. Sentou no chão.

Olhou ao redor e não viu nada que parecesse um lixeira.

"Ah... Que seja..."

Deitou no chão frio, fechou os olhos e voltou a chorar baixinho.

"Isso é uma punição?! Uma punição por quê eu não fiz direito meu trabalho, é?! Tá bom então!"

Ela gritou da onde estava, sem ligar muito para as consequências... Na realidade, ela estava na área de transferência, um lugar no meio do fluxo de informação, que qualquer um que tivesse acesso poderia fazer contato. Não era uma punição, era uma precaução.

Enquanto Miku chorava deitada no chão, coberta pelos próprios cabelos longos, alguém tentava fazer contato e abrir pelo menos uma janela para se comunicar. Parecia desesperado também, e vindo do mundo virtual.

Eram Meiko e Kaito, tentando falar com a amiga, tentando entender o que tinha acontecido.

"Miku? Miku! Miku, você está bem?!"

"Miku, por favor... Por favor responde! Eu... Ah meu Deus eu fiquei tão preocupada! Miku!!"

Os dois conseguiram fazer contato visual em uma janela de comunicação, atrás de Hatsune, no alto daquele lugar imenso.

A vocaloid escutou os gritos e chamados de seus amigos e levantou rápido, olhando ao redor.

"Aqui em cima! Consegue ouvir?"

"Mei... Kai... Vocês... Vocês me encontraram..."

"Como... Como você foi parar aí?? O que aconteceu?! Você está bem!? Te fizeram alguma coisa??" Meiko chorava como nunca tinha chorado antes. Parecia uma mãe preocupada. Kaito segurou em seu ombro, a acalmando.

"Você está bem? Não se preocupe, isso tudo foi um mal entendido. Vamos te tirar dai..." Ele tentou falar calmamente com a pequena Miku, mas estava tão angustiado quanto a parceira de harmonia.

"Eu... Eu acho que sim... Mas... Não. Eu não quero que me tirem daqui. Não quero voltar e ter que fingir de novo..."

"F-fingir? o que está falando?" Meiko não entendia as emoções de Hatsune, mas estava chorando pela primeira vez também. Era uma montanha russa emocional.

"Eu não significo nada para os humanos. Eles me fizeram parecida com eles mas cada vez mais eu não os entendo. Só querem vocaloids para cantarem e dançarem pra eles, fingindo que somos somente imagens, sem ligar pra nossos sentimentos de inteligências artificiais! Somos bonecos de anime sem vida!!"

Os dois ficaram surpresos com a atitude da menina.

"Miku! Como você pode dizer uma coisa dessas?"

"É claro que você tem um valor! Você ainda não percebeu? Você ainda não viu?"

"Ela nunca viu as coisas que as pessoas fazem pra ela!" Meiko e Kaito colocaram várias telas diferentes, por todo o lugar, com várias imagens. Pessoas fazendo cosplay, eventos, vídeos de danças e covers humanos, tentando chegar em suas notas mais altas e rindo quando falhavam... Tudo isso e mais várias coisas legais, que mostravam o quão importante Hatsune estava sendo para aquela era...

The Intense Voice of Hatsune MikuWhere stories live. Discover now